Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
Imagens que marcaram época, sons inesquecíveis, personagens que fizeram história. Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui, recordar é mais do que viver. É saber, é contextualizar, é rememorar. Viaje no tempo.
 
LEIA AQUI as colunas anteriores
 
Segunda, 3 de fevereiro de 2020
60 anos de Joachim Löw

Ex-jogador e depois treinador vencedor por Stuttgart (Copa da Alemanha 1997), Tirol Innsbruck (Austríaco 2002) e Austria Wien (Supercopa da Áustria 2003), notabilizou-se ao assumir a seleção da Alemanha logo após a saída de Jurgen Klinsmann depois da Copa do Mundo de 2006, ali estando até os dias atuais.

O primeiro Mundial de Löw foi o de 2010, no qual sua equipe terminou em 3º lugar. A vitória mais marcante foi a das quartas-de-final em 3 de julho, na Cidade do Cabo. A Argentina de Maradona foi dominada por 1, 2, 3, 4 x 0 no Estádio Green Point e a TV Globo transmitiu com Luís Roberto, Falcão e Caio Ribeiro.



Aqui no Brasil, o auge. Não caia fora, é preciso lembrar do que será lembrado. Sim, os 7 x 1 da semifinal em 8 de julho no Mineirão. Fica o som da Rádio Gaúcha com Pedro Ernesto Denardin (que fez a caveira de Luiz Felipe Scolari ao máximo), Wianey Carlet ("meu Deus..." no 4º gol), José Alberto Andrade, Sérgio Boaz e Carlos Guimarães.



Na decisão de 13 de julho no Maracanã, prorrogação necessária para retomar o caneco após 24 anos. O 1 x 0 sobre os argentinos foi contado por Evaldo José, Álvaro Oliveira Filho e Antônio Carlos Duarte na Rádio CBN.



Em Eurocopas, nada de título ainda: vice em 2008, 3º lugar em 2012 e 4º em 2016. Neste ano, o último êxito foi no 1 x 1 das quartas-de-final contra a Itália no Matmut Atlantique, em Bordeaux. Pênaltis necessários para decidir quem iria pra semifinal naquele 2 de julho. Os 6 x 5 germânicos tiveram a voz de Téo José na TV Bandeirantes.



Outro 2 de julho traria sorrisos a Joachim: o da final da Copa das Confederações de 2017 no Krestovsky, em São Petersburgo. O 1 x 0 sobre o Chile é escutado aí com Rogério Assis, Fábio Piperno e Bernardo Ramos na Bandeirantes e na BandNews FM, as duas únicas rádios a transmitir esta competição na qual o Brasil não esteve.



Mas em 27 de junho de 2018, Löw e cia. fizeram parte do maior fiasco da Alemanha em Copas do Mundo - claro que nada nem sequer comparado ao que impuseram ao Brasil nos 7 x 1 em casa de 4 anos antes, mas igualmente vergonhoso: eliminação na 1ª fase em último no seu grupo. Foi nos 2 x 0 aplicados pela Coreia do Sul na Arena Kazan, que a Rádio Jornal contou com Roberto Queiroz, André Luiz Cabral, José Silvério e Marcelo Araújo.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.