.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros

.

.

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

PAPO DE MÍDIA: COLUNA
Informações e opiniões sobre a imprensa esportiva

"

Agenda da TV
Eventos ao vivo e/ou em VT inédito.
Obs.: horários de Brasília


Segunda, 9/11/2015
18:30 - Vôlei, Superliga Masculina: Canoas x SESI - SPORTV
23:15 - Futebol Americano, NFL: San Diego Chargers x Chicago Bears - ESPN

Terça, 10/11/2015
15:00 - Vôlei, Liga Feminina dos Campeões: PGE Sopot x Vakifbank Istanbul - BANDSPORTS
16:00 - Futebol, Copa do Brasil Sub-20: Atlético Paranaense x Atlético Mineiro (semifinal, volta) - SPORTV e ESPN BRASIL
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: América Mineiro x Vitória - SPORTV (MG assiste no Premiere)
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Macaé x Náutico - PREMIERE
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Mogi Mirim x Paysandu - PREMIERE
19:00 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Criciúma x Boa Esporte - PREMIERE
19:45 - Basquete, Liga Sul-Americana: Obras Sanitarias x Brasília - SPORTV2
21:30 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Luverdense x Botafogo - SPORTV (MT assiste no Premiere)
21:30 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Santa Cruz x Oeste - PREMIERE
21:30 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Bahia x ABC - PREMIERE
21:30 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Ceará x Bragantino - PREMIERE
21:30 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: Sampaio Corrêa x Atlético Goianiense - PREMIERE
21:30 - Futebol, Campeonato Brasileiro Série B: CRB x Paraná - PREMIERE
22:00 - Basquete, NBA: Washington Wizards x Oklahoma City Thunder - SPORTV2
22:30 - Hóquei no Gelo, NHL: Tampa Bay Lightning x Buffalo Sabres - ESPN+

Quarta, 11/11/2015
15:00 - Vôlei, Liga Feminina dos Campeões: Fenerbahce Istanbul x Telekom Baku - BANDSPORTS
16:00 - Futebol, Copa do Brasil Sub-20: São Paulo x Joinville (semifinal, volta) - SPORTV e ESPN BRASIL
18:30 - Vôlei, Superliga Masculina: Sada Cruzeiro x Canoas - SPORTV
21:00 - Futebol, Amistoso: Seleção de Novos x EUA - SPORTV
22:00 - Basquete, Liga Sul-Americana: Brasília x Malvin - SPORTV2
23:00 - Basquete, NBA: Memphis Grizzlies x Golden State Warriors - ESPN
0:20 - Futebol, Campeonato Mexicano: Atlas x Chivas - WATCH ESPN (Internet)
Segunda, 9 de novembro de 2015
Sim, a TV aberta vai mostrar o jogo do título

Vasco x Corinthians na quinta-feira da semana que vem? Provavelmente sim. Mas se não for nesse, deverá ser em Corinthians x São Paulo três dias depois. O importante acima de tudo é que Globo e Bandeirantes escaparam do desagradável risco de terem que soltar vinhetas de "é campeão!" sem ter o referido em campo devido ao término de um jogo paralelo que nem foi o transmitido completo para a cidade do líder, que viu apenas os minutos finais ao vivo. Não digo que o gol do Dátolo salvou a pele do Atlético Mineiro por sua pontuação ainda estar muito distante para um tempo tão curtíssimo de recuperação, daí eu também considerar o Coringão campeão brasileiro. O gol do Dátolo salvou foram as peles da Globo e da Bandeirantes, isso sim, que agora terão como mostrar a partida do caneco como manda o figurino: com o campeão em campo e com os dois primeiros colocados em simultâneo, que é o que Tite pedira após o embate deles e que atendido não foi pela CBF, que manteve Corinthians x Coritiba no sábado com SporTV e Figueirense x Galo no domingo com Globo Minas. Portanto, não teremos as reprises de 2007, quando o São Paulo foi campeão sobre o América de Natal exclusivamente no Premiere, e de 2013, quando deu Cruzeiro sobre o Vitória com Globo Minas e SporTV. As abertas agradecem a Jesus.

Rede Globo I
Duas situações curiosas envolveram as transmissões do Cléber Machado neste fim de semana: na virada de sábado para domingo, até por causa de Corinthians x Coritiba, a transmissão do UFC começou sem lutas no octógono e deu tempo de apresentar os gols dos quatro jogos da Série A no sábado, dos quais apenas o do Internacional diante da Ponte Preta tinha passado no "Jornal Nacional" enquanto único concluído até a exibição do mesmo; e ao mais que imediado término do Cruzeiro x São Paulo feito dos estúdios (o que mais do que óbvio era pois não sairia o homem do Ibirapuera às 4 e lá vai pedrada da madrugada, precisando dormir para fazer o outro evento, direto até o aeroporto pra rumar a Belo Horizonte), ele narrou os dois últimos minutos de Figueirense x Atlético Mineiro e emendou com os dois derradeiros de Palmeiras x Vasco.

Rede Globo II
Sim, foi engano do agendão do GloboEsporte.com na sexta passada pois a Globo Nordeste transmitiu Bahia x Santa Cruz, sim. Faltou incluir a transmissão do Rembrandt Jr. na lista, turma do portal.

Rede Globo III
Solidariedade ao editor de qualidade e projetos especiais esportivos Sidney Garambone, que neste fim de semana perdeu o seu pai, também chamado Sidney, falecido aos 87 anos. Força para todos.

Rede Globo II
Do Ricardo Perrone no UOL Esporte: presidentes de clubes, entre eles o gremista Romildo Bolzan Jr. e o atleticano mineiro Daniel Nepomuceno, reclamam que a distorção que faz Corinthians e Flamengo ganharem bem mais dinheiro que os demais podem tornar especialmente o alvinegro paulistano praticamente imbatível. A direção do Timão nega que a grana da TV gere uma distorção técnica por ser questão de boa gestão que leva ao sucesso e sugeriu à Plim-Plim uma divisão de grana para a qual a emissora nem deu bola: topar a mesma cota que as outras agremiações desde que todas as 20 tivessem um número igual de transmissões em canal aberto, com a maioria das notas chegando do pay-per-view. (não sei quem foi o infeliz miserável que recusou essa ideia, mas seja lá quem for, não desejarei nada de mal e de danoso a este ser pois sou da paz e quero o bem de todos, apenas torço que um passarinho com desarranjo intestinal "brinde" sua roupa de luxo a poucos minutos de um evento chique a ponto de irrecuperável ser a troca das vestes... risos) Uma ideia dada pelo Nepomuceno seria dividir o tutu em 50% igual, 25% pelo desempenho e 25% pelo alcance de cada um nas vendas do Premiere.

Rede Bandeirantes I
Das relíquias deste domingo no "Gol, o Grande Momento do Futebol", todas disponíveis no site (diferentemente das exibidas no domingo anterior, que infelizmente perdi e da qual não pude registrar um Santos 3 x 3 Palmeiras de 1997 com Jota Júnior que, das reprisadas naquela tarde, é a única ainda inédita no YouTube por outras estarem disponíveis mesmo que em vídeos de qualidade ruinzinha), apenas Goiás 3 x 2 Flamengo em 2009 foi com Téo José - e ainda bem que repetida, já que até então disponível só num compacto do "Jogo Aberto Rio" com trilha chata por cima -, pois todas as outras com locução tiveram Luciano do Valle: os dois Vasco 0 x 0 Palmeiras decisivos de 1997, os quatro dos cinco títulos brasileiros do Corinthians por ele narrados, Cruzeiro 1 x 1 São Paulo em 2008 e Cruzeiro 0 x 1 São Paulo em 1995. Também teve os gols alvinegros do Goiás 3 x 2 Corinthians de 2005, os de Flamengo 3 x 1 Goiás em 1992 (jogo não feito nem para compacto no "Show do Esporte") e Cruzeiro 1 x 1 São Paulo em 1993, esse infelizmente como sempre com a narração do Sílvio Luiz vetada. Cara, na boa: até quando a Band vai continuar negando a longa existência do Sílvio só por causa da saída tumultuada em 2010? Vai dar uma de Globo com o Luciano e esperar o seu falecimento para reaproveitar seus materiais? (bato três vezes na madeira) Tanta coisa boa não é recuperada por causa de uma coisa pequena, puxa! Agora, aceita no vídeo era sua imagem quando passavam nos intervalos o comercial da Amanco com ele. Humpf...

Rede Bandeirantes II
Olham aqui (grato ao Alef de Lima pelo print) Téo José filmado por uma das câmeras no campo do Mineirão para reclamar que, mesmo o estádio tendo ficado muito bonito para a Copa do Mundo de 2014, a área da imprensa não foi ajustada da maneira devida, tanto que até hoje as emissoras de TV e rádio têm que transmitir naquela área aberta que, conforme observado por ele com o pronto auxílio da imagem, fica em cada lado a cerca de 7 metros das duas torcidas. Salvo engano meu, embora eu não ache que esteja enganado, a exceção é com Globo e SporTV por adquirirem camarotes com acomodação devida para os profissionais que lá trabalhem. Ah: como já tem virado rotina há um bom tempo, mais uma vez Téo sem a companhia do Neto no estádio. Ao término do jogo em Belo Horizonte, também a Band apresentou os minutos finais de Figueirense x Atlético, mas não em tela cheia com narração igual à Globo e sim dividida com as entrevistas no campo. Olham aqui, por exemplo, que a defesa do Victor aos 47 minutos dividiu espaço com André Galvão ouvindo o celeste Willians.

Rede Bandeirantes III
Não assisti desta vez, mas li os relatos sobre Edmundo ter expressado no ar sua insatisfação por uma demora prolongada para participar do "Terceiro Tempo" direto do Allianz Parque, onde fez Palmeiras x Vasco com Oliveira Andrade, o que foi amenizado ao término do seu comentário pelo Milton Neves.

Jogos Olímpicos de 2016
Do Flávio Ricco no "Canal 1": enquanto a Globo está com quase tudo pronto para o evento por faltar o Comitê Olímpico Internacional fechar os calendários de algumas competições, a Record também tem seu projeto montado e pretende passar de 7 a 8 horas de eventos por dia. Já a Bandeirantes ainda não definiu seu projeto, mas deseja mostrar tudo quanto for possível ao máximo e deverá ter reforços na equipe em setores essenciais. Aliás, demorou, mas enfim terminaram o IBC (Centro de Imprensa) e a inauguração aconteceu neste domingo.

SBT (nacional)
Do Fabrício Falcheti no NaTelinha: a emissora celebrou 21 domingos seguidos de vice-liderança em São Paulo com o "Acelerados", do Rubens Barrichello, que de 14 de junho até o domingo retrasado tem média de 2,9 pontos das 8h15 às 9h, superando o 1,9 ponto dos "Desenhos Bíblicos" exibidos pela Record. Em outubro, o programa de mundo motor venceu por 3,1 x 1,5 e, no Rio de Janeiro, a vantagem foi por 2,6 x 2,1.

SBT (local)
Do Gabriel Vaquer no NaTelinha: assistida todas as noites "No Campo do 4" falando de futebol, Lise Oliveira passou a ser vista também em atração de variedades na TV Aratu da Bahia, nova apresentadora que é do semanal "Chegue Mais" nas tardes de sábado desde anteontem em substituição à demitida Daniela Prata.

TVE (RS)
Somente na sexta-feira isso foi destacado no site da Federação Gaúcha e eu, lesadamente lerdo que fui mesmo com convivas observando isso, não me toquei de registrar a tempo antes da bola rolar por perceber só mesmo ao início do jogo. A emissora estatal voltou a transmitir futebol regional depois de muitos e muitos anos, tantos que nem lembro direito das últimas vezes. Foi em Cruzeiro 0 x 1 São José, primeiro jogo da Supercopa Gaúcha, que terá a volta disputada às 11h do domingo que vem no Passo D'Areia. Uma curiosidade foi os letreiros terem o mesmíssimo formato dos adotados pelo SporTV, pena que não peguei nenhum print para mostrar e nem existe qualquer vídeo desta transmissão no YouTube, nem sequer no canal oficial da TVE. Aliás, a própria emissora não divulgou esta partida pela internet, tanto que ainda durante sua realização constava na grade de programação em seu site os programas "Samba na Gamboa" às 11h e "Obra Prima" às 12h. Quanto à equipe de microfone, do trio escalado, apenas o repórter Flávio Dal Pizzol está na ativa pela Rádio Guaíba. O comentarista foi Cassiá Carpes, que voltou ao microfone depois do fim da equipe da Rádio Pampa em 2007 e que, desde então, se dedica à política, tendo concorrido na última eleição para governador como vice na chapa de Ana Amélia Lemos. Uma surpresa bem legal foi o narrador: Gustavo Manhago, que deixou a RBS TV há quase cinco meses.

Rede Vida
Pego de surpresa fui ao saber que teve Copa Paulista às 19h do sábado, sim, com União Barbarense x Ituano na ida da semifinal. Só que não foi ao vivo e sim em VT, realizado que foi este jogo às 16h. O detalhe é que agora consta a emissora como exibidora na tabela do torneio no site da FPF, só que até sexta-feira nada tinha neste sentido. Agora, por exemplo, manhã de segunda-feira, tá marcada a volta Ituano x Barbarense para 19h de sábado que vem. Devo supor, pelo dia e horário, que a Vida mostre a porfia ao vivo. No entanto, nada está marcado neste sentido na tabela do certame na página da entidade bandeirante. Driblado serei de novo?

SporTV
Muito importante: foram trocados os jogos da Série B no próximo sábado. Isto é: um deles foi trocado pois o outro continua, mas mais cedo. Vitória x Ceará continua transmitido pelo canal, mas não mais às 21h Brasília (20h locais) e sim às 17h30 (16h30). Quem dançou foi Boa Esporte x Bahia, agora exclusivo do Premiere. A sessão noturna das 21h passa a ser de Paraná x América Mineiro, antes só do PPV às 17h30.

ESPN Brasil I
Paulo Andrade foi o afortunadamente sortudíssimo do fim de semana ao transmitir ao vivo, com uma narração muito bem feita, o gol mais maravilhosamente lindíssimo da carreira do Neymar, fechando os 3 x 0 do Barcelona sobre o Villarreal. Assistem aqui seu relato estupefato, espantado e incrédulo com um lance tão genial como esse. Mal comparando, as frases "é melhor deixar a imagem explicar" e "narrador nenhum é capaz de explicar o que fez Neymar nesse lance" por ele perfeitamente colocadas me lembraram o mítico "não há palavras!!!" do Luciano do Valle nos tentaços do Zico sobre a Iugoslávia em 1986 e da Marta diante dos EUA em 2007.

ESPN Brasil II
O "Bate-Bola" das 18h desta quarta-feira terá um debate com os candidatos à presidência do Flamengo: o atual Eduardo Bandeira de Mello e os oposicionistas Wallim Vasconcellos e Cacau Cotta.

Rádio de Porto Alegre I
Não é que tenha sido propriamente um troca-troca de emissoras com jovens profissionais, mas que parece, parece: leram na coluna da última quinta que o produtor Roni Molinari, que também fazia reportagem de torcida nos jogos, deixou a Bandeirantes por agora ser da Grenal. O caminho inverso quem faz é Gabriel Corrêa, que era produtor e plantão de estúdio na Grenal, mas que agora compõe a equipe da Bandeirantes.

Rádio de Porto Alegre II
Olham aqui a visão pouco boa da cabine da Gaúcha na Ilha do Retiro para Sport x Grêmio, o que motivou o locutor André Silva a protestar contra as condições do estádio, que afirmou serem poucas.

Rádio de Porto Alegre III
Com Sport x Grêmio apenas às 19h30, a Gaúcha preencheu a faixa das 17h com Figueirense x Atlético Mineiro na íntegra e a Guaíba recorreu mais uma vez ao "Carrossel" informativo dos jogos deste horário (todos com exceção de Flamengo x Goiás), enquanto Bandeirantes e Grenal seguiram com o pré-jogo.

Rádio do Rio de Janeiro
Divisão das esportivas na simultaneidade deste domingo: Flamengo x Goiás em Bradesco Esportes, Brasil, CBN FM, Fluminense, Globo FM, Manchete e Tupi; e Palmeiras x Vasco em CBN AM, Globo AM, Nacional e Nativa (equipe Tupi). A Tamoio teve futebol na faixa das 17h, mas como sempre retransmite a Verdes Mares, veiculou o clássico Fortaleza x Ceará pela Taça Fares Lopes, competição de segundo semestre.

Rádio de São Paulo I
Divisão das esportivas na tripla simultaneidade deste domingo - ou quádrupla, ainda que só três paulistas à tarde: Palmeiras x Vasco em 105, Bandeirantes, Capital (só primeiro tempo), CBN (segundo tempo só FM), Globo, Jovem Pan e Transamérica; Cruzeiro x São Paulo exclusivamente na BandNews; Figueirense x Atlético completo na Bradesco Esportes (alternativa adotada por causa do Corinthians); e Joinville x Santos completo em Capital e CBN (primeiro tempo só AM) e apenas o segundo tempo em 105 e Globo.

Rádio de São Paulo II
A expectativa de Corinthians x Coritiba era ser o "jogo do título", o que acabou não acontecendo, mas que muitos imaginavam que assim seria. Porém, nem todas as esportivas colocaram seus narradores titulares transmitindo no sábado por várias mantê-los no domingo. Dos titulares, a partida de Itaquera contou com Rogério Assis na 105, Dirceu Maravilha na BandNews, Renato Rainha na Bradesco Esportes, Paulo Sodate na Capital, Oscar Ulisses na Globo e Éder Luiz na Transamérica, enquanto os demais acionados foram Ulisses Costa na Bandeirantes, Marcelo Gomes na CBN e José Manoel de Barros na Jovem Pan. Destes 9 relatores, três fizeram turno duplo dominical: Renato em Figueirense x Atlético, Marcelo em Joinville x Santos e Oscar em Palmeiras x Vasco. Os titulares que não fizeram Corinthians x Coritiba pois transmitiram a domingueira no Allianz Parque foram José Silvério na Bandeirantes, Deva Pascovicci na CBN e Nilson César na Jovem Pan.

A saideira
Reforço sempre válido: este Papo de Bola - o Site precisa de patrocinadores para se manter no ar, por não ser apenas o custo da hospedagem o necessário para tanto e sim outros ainda maiores. Se você quiser anunciar nestes escritos, clique aqui e dê uma olhada nas maneiras de como fazê-lo que muito bem vindo serás e muito agradecido ficarei. Também continuo forçosamente adotando o "Ajude o PB", de colaborações avulsas.

Momento Raridade Rara I
Jogador de três Copas do Mundo, Andreas Brehme completa hoje 55 anos. Ex-defensor de Bayern de Munique e Internazionale, é ele o autor do gol do título da Alemanha sobre a Argentina em 1990. Se a emissora infelizmente não reprisa mais, como já pela enésima vez protestei mais acima, este Papo de Bola se encarrega disso: olhe aqui a relíquia absoluta que é um compactão de 16 minutos da transmissão da Rede Bandeirantes, que montei a partir de trechos de dois vídeos na internet e que traz Sílvio Luiz com os comentaristas Juarez Soares, Mário Sérgio, Zico e Rivelino. Nem acreditei quando feliz fiquei ao topar com este tesouro pela vez primeira.

Momento Raridade Rara II
Lembram do Operário de Campo Grande, que decidiu em 1978 uma vaga na final do Brasileirão de 1977 com o São Paulo? Pois havia 5 anos que a equipe disputava a segunda divisão do Sul-Mato-Grossense. Mas no ano que vem, mostrado pela TV Morena ele será pois o acesso foi garantido ontem no empate por 1 x 1 com o Maracaju. Uso este acontecimento como pretexto para lembrar aqui de Operário 1 x 0 São Paulo, jogo da volta da semifinal válida por 1977 e disputada em março de 1978. Não deu para o Galo Operariano devido aos 3 x 0 são-paulinos na ida no Morumbi, mas a vitória sobre um grande do cenário nacional ficou marcada mesmo assim. Luciano do Valle narrou na Rede Globo. Aliás, baita estraga-prazeres foram São Paulo e Atlético Mineiro naquele campeonato. Não nos deixaram assistir dois Londrina x Operário, aquela que seria a mais alternativa das decisões. Unf... (bom, o "não nos deixaram" fica pela conta de vocês pois nem nascido eu era nessa época... rs)

Momento Raridade Rara III
Muito antes do atual Nando Gross no "Balanço na Rede" e do antecessor Luiz Carlos Reche no "Esporte Record", foi uma mulher que apresentou o primeiro programa esportivo da TV Record/RS - aliás, uma das mais lindíssimas mulheres que já tive a inenarrável alegria de conhecer pessoalmente, daquelas de fazer o vivente puxar suspiros lá do fundo da alma por tamanho o contentamento. Completa 40 anos nesta segunda-feira a jornalista Kellen Caldas, que só teve mesmo como papel esportivo no canal 2 a apresentação do "Esporte Record" em dois períodos: o primeiro às 12h, por cinco meses entre 2007 e 2008 ao lado de João Garcia, e o segundo às 6h45, por três meses em dupla com o já citado Reche. No mais,sempre foi da editoria geral enquanto repórter do "Balanço Geral RS" e apresentadora do noticiário regional "Record News Sul". Ela deixou a emissora em 2013 para tocar negócios familiares em Santa Maria, cidade que representou no vice-campeonato do Miss Rio Grande do Sul em 1995. Dois registros: este aqui tem trechos do primeiro "Esporte Record" gaúcho, que apenas nesta primeira edição teve também a presença do Edegar Schmidt, que pouco depois seria fixo em termos televisivos do SBT, em dupla com Ricardo Vidarte; e esta aqui é a chamada da segunda fase do programa, em versão matinal.

Momento Raridade Rara IV

Há exatos 10 anos hoje completados, uma mudança muito importante marcava o futebol da Rede Record: saía de cena Luciano do Valle e entravam Éder Luiz e Neto, ambos contratados da Rede Bandeirantes, na qual estavam desde setembro de 2004, quando o projeto "Esporte Interativo" (ao qual estavam vinculados) foi levado pela Top Sports após turbulentaça saída da RedeTV! - e pra quem não acompanhou na época, asseguro: o "turbulentaça" não possui o mínimo exagero, mas nãããão mesmo. Narrador e comentarista chegavam à terceira TV diferente em menos de dois anos, já que no ar estavam desde janeiro de 2004 na RedeTV!, que marcou a estreia no vídeo do "Dez do Rádio" e o retorno ao microfone do ex-jogador após três anos como diretor no Guarani.

A estreia de Éder e Neto aconteceu em Pumas 3 x 0 Corinthians, pela Copa Sul-Americana, mas não há na web registros desta transmissão inicial deles na Record. Luciano, que vinha fazendo todo o Campeonato Brasileiro nas exibições para São Paulo e cidades onde aconteciam os jogos que Maurício Torres fazia para Rio de Janeiro e rede nacional, acabou sacado justamente nas rodadas finais, cumprindo os dois últimos meses na emissora com a cobertura do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia - e também por isso aconteceu no início de 2006 o seu retorno definitivo à Bandeirantes, que tinha os eventos internacionais do "E+I". Além de transmissões, Éder e Neto levaram com eles o programa "Vídeo Gol", exibido apenas para São Paulo aos sábados.

As escalas na TV Record às quartas e aos domingos acabaram respingando na Rádio Transamérica, na qual os dois continuavam transmitindo às quintas e aos sábados. Assim, os dias nobres das rodadas tinham os demais componentes da emissora em ação: nos comentários, mais vez possuíam Henrique "Barba" Guilherme e José Calil, que já fazia televisão com a Série B aos sábados na RedeTV!; e nas narrações, Antônio Edson tocava o barco com André Henning, que ganhava mais vez e voz não mais como repórter e sim como locutor, pouco tempo depois chegando ao projeto "Esporte Interativo" inicialmente através da parceria com a TV Cultura nas transmissões do Campeonato Português. Em dezembro de 2005, contratado foi Oswaldo Maciel, ex-Rádio Globo.

Neto deixou a Record no fim de 2006 e retornou à Bandeirantes, onde permanece até hoje em terceira passagem (ou seja: 1999 a 2001, 2004 a 2005 e 2007 em diante), duas delas ao lado do Luciano do Valle - já que, devido à sacada dele nas últimas rodadas do Brasileirão de 2005, acabaram não fazendo futebol juntos na Record. Por sua vez, Éder Luiz permaneceu até as vésperas da Olimpíada de 2012, neste período narrando os títulos brasileiro do Corinthians em 2005 e mundial no mesmo ano e brasileiro de 2006 do São Paulo, três Ligas dos Campeões da UEFA a partir de 2006/2007, a Eurocopa de 2008 e os Jogos Pan-Americanos de 2007 e 2011. Até hoje confesso ter me surpreendido com sua saída a poucos momentos dos Jogos de Londres.

Três momentos desta dupla em sua fase Rede Record: de 2006, Corinthians 1 x 0 Palmeiras no Brasileirão com trechos da transmissão de Éder, Neto e Oscar Roberto Godoi escutados na reportagem do Gustavo Villani, que naquele ano deu seus primeiros passos televisivos; de 2006, Neto participando do "Terceiro Tempo" com Milton Neves e Renata Fan, em debate estando a selvageria que marcou o famoso Grenal dos banheiros químicos incendiados (curiosidade: cuja reportagem do jogo, infelizmente não incluída neste vídeo, foi da mais acima citada Kellen Caldas, então repórter de geral da TV Pampa); e de 2009, Éder abrindo a transmissão da RIC TV para Joinville 3 x 2 Criciúma pelo Campeonato Catarinense, infelizmente não disponíveis os gols no seu relato. Note a equipe com ele: comentários do tradicional Rui Guimarães, que por muito tempo fez o hoje extinto "Clube da Bola"; um dos repórteres era Rafael Henzel, que retornava para Santa Catarina após anos na TV Rio Sul de Resende e muitas presenças no SporTV naqueles jogos dos grandes cariocas em Volta Redonda na metade dos anos 2000; e o outro repórter era Tiago Scheuer, o mesmo que atualmente é do jornalismo geral da TV Globo de São Paulo e reserva imediato da estonteante Izabella Camargo na previsão do tempo no "Hora 1".

Momento Raridade Rara Especial: 70 anos de José Silvério

Esta não é uma segunda-feira qualquer. É o dia que marca mais um aniversário de um dos maiores narradores do rádio brasileiro em todos os tempos, que até por ser dos meus prediletos vivo destacando nestes tópicos das antiguidades. Quando pensei neste tópico, admito que fiquei em dúvida sobre o dia exato do natalício do "Pai do Gol", variados que são os referenciais na internet: dia 9, dia 11, até mesmo dia 15...

Mas o certo mesmo, o que vale de fato, é 9 de novembro de 1945, quando surgia em Itumirim aquele que marcaria as transmissões de futebol com relatos de precisão técnica excepcional e muita emoção nos lances agudos das maiores alegrias e tristezas que marcariam seus até agora 52 anos de carreira. Tive a confirmação de ser hoje o dia do aniversário através de menções do próprio e de seus colegas Cláudio Zaidan, Leandro Quesada e Ricardo Capriotti ontem à tarde durante Palmeiras x Vasco - onde, diga-se de passagem, o presente quem ganhou foi o jovem Felipe Garraffa, que trabalhou pela primeira vez em uma partida com o trio principal da Rádio Bandeirantes e deu uma tremenda felicidade de os dois gols serem da equipe e na baliza cobertas por ele.

Outra homenagem quem fez já no início desta madrugada foi Everaldo Marques durante Philadelphia Eagles x Dallas Cowboys na ESPN ao novamente imitá-lo em meio a uma narração da NFL, o que já fizera em janeiro de 2013. Coisa não apenas de um admirador, mas de um colega por quatro anos na Rádio Jovem Pan - e que possui com ele uma data em comum, a qual recordarão que registrei no exato dia aqui nestas mal traçadas e pra lá de irrelevantemente desimportantes linhas: 9 de outubro. Nesta data, Silvério começou a irradiar em São Paulo num Corinthians 0 x 0 Sport em 1975 e Everaldo passou a trabalhar nos Canais ESPN em 2005.

O tópico nem de longe pensa em elaborar um "Top 10" de José Silvério pois julgo isto impossível, tantos são os momentos brilhantes. Apenas resolvi pegar 10 aleatórios, de períodos variados e que são na maioria dos tempos da Jovem Pan pelo caráter da antiguidade, com os últimos pertencendo à fase da Bandeirantes, que acaba mais presente nos tópicos "Raridade Rara" quando faço resgates dos confrontos da rodada. Fica como uma simples, mas sincera homenagem a um dos caras que mais me faz gostar do rádio esportivo, sobretudo quando passei a escutá-lo a partir da RB em 2000, ouvinte que não era da Pan à ocasião por não captá-la.

De 1977, a final Corinthians 1 x 0 Ponte Preta do Campeonato Paulista. Foi o primeiro grande título na sua voz pela Jovem Pan depois da trajetória de Osmar Santos, que naquele ano se transferiu para a Globo.

De 1978, a final Guarani 1 x 0 Palmeiras do Campeonato Brasileiro. Escutá-la me remete a um depoimento emocionado do "Pai do Gol" no mesmo enfrentamento pelo Paulista de 2013, vencido por 4 x 1 pelos palestrinos e que temia ser a última vez que narrasse um jogo do Bugre tanto pela má fase do clube quanto pela carreira nos finalmentes. Por enquanto, segue mesmo esta de 2013 como sua última locução do Guarani.

De 1986, uma relíquia sensacional: a íntegra de Brasil 1 x 0 Argélia na Copa do Mundo ao lado de Orlando Duarte e Wanderley Nogueira, além do posto de Hungria 2 x 0 Canadá com João Bosco Tureta.

De 1992, os pênaltis de São Paulo 1 x 0 Newell's Old Boys + 3 x 2 na final da Copa Libertadores com Wanderley Nogueira.

De 1994, os pênaltis de Brasil 0 x 0 Itália + 3 x 2 na decisão da Copa do Mundo com Flávio Prado. Foi a primeira de duas conquistas mundiais da Seleção na sua voz, a outra em 2002.

De 1998, Portuguesa 7 x 2 São Paulo pelo Campeonato Brasileiro. Além de ser uma inesquecível vitória da Lusa e de cada vez mais raro também ser escutar Silvério relatando a rubro-verde, há algo especial neste enfrentamento: foi exclusivo do rádio. Na época, a Globosat tinha acerto com 16 times da Série A e os demais tinham contrato com a ESPN Brasil. Jogo de "time Globosat" contra "time ESPN" só podia passar na Globo e na Bandeirantes, ambas acertadas com todos de todos. Se elas não o faziam, exclusivo das emissoras de rádio ficava. Este foi um destes casos, já que a Portuguesa era da ESPN e o São Paulo da Globosat.

De 1999, a final Palmeiras 2 x 1 Deportivo Cali da Copa Libertadores. Não é a sua narração palmeirense mais especial pois nada supera o "eu vou soltar a minha voz!" dos 4 x 0 no Corinthians no Paulista de 1993, mas optei por este áudio da Libertadores pois ainda não o trouxera em momento algum ao tópico.

De 2002, a final Corinthians 2 x 3 Santos com Leandro Quesada. Essa já trouxe algumas vezes ao "Raridade Rara" e repriso pois, além desta última decisão de Brasileirão ter sido uma de suas maiores e melhores, foi uma das tardes mais sensacionais do Zé, impecável do primeiro ao último nos gols e não-gols.

De 2009, a abertura da "Jornada Esportiva Bandeirantes" para a última rodada do Campeonato Brasileiro, na qual inovou e narrou ao mesmo tempo Flamengo 2 x 1 Grêmio, Internacional 4 x 1 Santo André, São Paulo 4 x 0 Sport e Botafogo 2 x 1 Palmeiras, que envolviam os quatro postulantes ao título. Infelizmente tenho apenas este trecho da transmissão e não qualquer um da bola rolando. Lembro de três repórteres daqueles cobertura: Alexandre Praetzel no Maracanã, Leandro Quesada no Engenhão e Alex Muller no Beira-Rio. Não recordo quem estava no Morumbi e nem se Mauro Beting comentou só um jogo ou mais de um. Primeiro: Silvério inovou no rádio, mas devo legislar em causa própria que o antecipei 10 anos antes (risos) pois, tendo a mania de gravar narrações de futebol em fita K7, assim procedi numa tarde de 1999 com os simultâneos Corinthians 2 x 2 Palmeiras, Grêmio 1 x 0 Internacional e Juventude 2 x 1 Botafogo, com um só televisor para todos e trocando de canal na base do instinto - e dei sorte pra burro (e pra inteligente também) pois consegui pegar todos os oito gols. E segundo: ele repetiu a tática em 2010 com Fluminense 1 x 0 Guarani, Cruzeiro 2 x 1 Palmeiras e Goiás 1 x 1 Corinthians.

De 2013, os 50 anos da carreira de José Silvério homenageados no "Magazine BandSports" em crônica escrita e interpretada pelo Mauro Beting, indiscutivelmente um dos melhores textos esportivos do país.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "24 Horas") e editor do blog "Papo Final" no Final Sports.

TWITTER: @papodebola
FACEBOOK: SitePapoDeBola
E-MAIL: papodebola@gmail.com
BLOG NO FINAL: papofinal.final.com.br


LEIA COLUNAS ANTERIORES

.


 
Seja mais um seguidor do Papo de Bola e leia as manchetes do site e comentários diversos.

PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.