.


.

  24 Horas
  Papo de Mídia
  Academia Esportiva
  Papo Especial
  Especiais PB
  O Jogo da Minha Vida
  Rádio PB
  PB Interativo
  Sites Parceiros
 

OFERECIMENTO

.

ATENÇÃO: página melhor visualizada em 1024 x 768 - Seja bem vindo ao PAPO DE BOLA - O SITE!

.

PAPO DE MÍDIA: COLUNA
Informações e opiniões sobre a imprensa esportiva

.

Agenda da TV
Eventos ao vivo e/ou em VT inédito
Obs.: horários de Brasília

Quinta, 3/1/2013
10:30 - Tênis, Aberto do Qatar: duas quartas-de-final - BANDSPORTS
22:30 - Basquete, NBA: San Antonio Spurs x New York Knicks - SKY (pacote League Pass)
23:30 - Futebol Americano, Tostitos Fiesta Bowl: Oregon x Kansas State - ESPN
23:30 - Basquete, NCAA: Penn State x Wisconsin - BANDSPORTS

Sexta, 4/1/2013
7:00 - Tênis, WTA de Brisbane: duas semifinais - BANDSPORTS
10:00 - Tênis, Aberto de São Paulo: várias partidas - SPORTV2
11:00 - Tênis, Torneio de Brisbane: duas quartas-de-final - ESPN+ (gravado)
11:30 - Tênis, Aberto do Qatar: duas semifinais - BANDSPORTS
16:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: Santos x Remo - SPORTV, ESPN BRASIL e WATCH ESPN (Internet)
18:00 - Rúgbi, Aviva Premiership: Worcester Warriors x Leicester Tigers - ESPN e ESPN+
18:30 - Futebol, Campeonato Espanhol: Zaragoza x Betis - WATCH ESPN (Internet)
19:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: São Caetano x Cruzeiro - SPORTV
21:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: São Paulo x União (MT) - REDE VIDA, SPORTV, ESPN BRASIL e WATCH ESPN (Internet)
22:00 - Basquete, NBA: Brooklyn Nets x Washington Wizards - SKY (pacote League Pass)
23:00 - Basquete, NBA: Chicago Bulls x Miami Heat - SKY (pacote League Pass)
23:00 - Basquete, NCAA: Tennessee x Memphis - ESPN+ e WATCH ESPN (Internet)
23:30 - Basquete, NBA: Houston Rockets x Milwaukee Bucks - SKY (pacote League Pass)
1:30 - Basquete, NBA: Los Angeles Clippers x Los Angeles Lakers - ESPN, ESPN+ e WATCH ESPN (Internet)

Sábado, 5/1/2013
7:00 - Tênis, WTA de Brisbane: final - BANDSPORTS
7:45 - Tênis, Copa Hopman: jogo a confirmar - SPORTV2
9:00 - Tênis, WTA de Auckland: final - BANDSPORTS (gravado)
9:00 - Tênis, Torneio de Brisbane: duas semifinais - ESPN+ (gravado)
10:00 - Tênis, Aberto de São Paulo: várias partidas - SPORTV2
10:30 - Futebol, Copa da Inglaterra: Brighton x Newcastle - ESPN e WATCH ESPN (Internet)
11:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: Botafogo (SP) x Vasco - REDETV!
11:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: Bahia x Criciúma - REDE VIDA
11:20 - Radicais, Copa do Mundo de Biathlon: etapa a confirmar - SPORTV
13:00 - Futebol, Copa da Inglaterra: Southampton x Chelsea - ESPN, ESPN+ e WATCH ESPN (Internet)
13:00 - Futebol, Campeonato Espanhol: Levante x Athletic Bilbao - ESPN BRASIL e WATCH ESPN (Internet)
13:00 - Tênis, ATP do Qatar: final - BANDSPORTS
13:05 - Radicais, Copa do Mundo de Ski Jumping: etapa a confirmar - SPORTV
15:00 - Futebol, Campeonato Italiano: Catania x Torino - FOX SPORTS
15:00 - Futebol, Campeonato Espanhol: Granada x Valencia - ESPN BRASIL e WATCH ESPN (Internet)
15:00 - Basquete, NCAA: Purdue x Michigan State - BANDSPORTS
15:15 - Futebol, Copa da Inglaterra: West Ham x Manchester United - ESPN, ESPN+ e WATCH ESPN (Internet)
16:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: Santo André x Botafogo (RJ) - SPORTV2
16:00 - Basquete, NBB: Paulistano x Franca - SPORTV
16:00 - Futebol Americano, Amistoso: Ole Miss x Pittsburgh - WATCH ESPN (Internet)
17:00 - Futebol, Campeonato Espanhol: La Coruña x Málaga - SKY (canais 28 e 228)
17:45 - Futebol, Campeonato Italiano: Lazio x Cagliari - FOX SPORTS
18:00 - Rúgbi, Aviva Premiership: Worcester x Leicester - WATCH ESPN (Internet)
18:30 - Futebol, Campeonato Português: Porto x Nacional - BANDSPORTS, TERRA (Internet) e WATCH ESPN (Internet)
19:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniores: Palmeiras x Confiança - REDE VIDA, SPORTV, ESPN BRASIL e WATCH ESPN (Internet)
19:00 - Futebol, Campeonato Espanhol: Sevilla x Osasuna - SKY (canais 28 e 228)
19:30 - Futebol Americano, NFL: Houston Texans x Cincinnati Bengals - ESPORTE INTERATIVO, ESPN, ESPN+ e WATCH ESPN (Internet)
20:30 - Vôlei, Italiano Feminino: Bergamo x Torino - BANDSPORTS (gravado)
21:00 - Futebol, Copa São Paulo de Juniors: Flamengo x Rondonópolis - SPORTV, ESPN BRASIL e WATCH ESPN (Internet)
22:00 - Basquete, NBA: New York Knicks x Orlando Magic - SKY (pacote League Pass)
22:30 - Basquete, NBA: Houston Rockets x Cleveland Cavaliers - SKY (canais 28 e 228)
23:00 - Futebol Americano, NFL: Green Bay Packers x Minnesota Vikings - ESPORTE INTERATIVO, ESPN, ESPN+ e WATCH ESPN (Internet)
23:00 - Basquete, NBA: Portland Trail Blazers x Minnesota Timberwolves - SKY (pacote League Pass)
Quinta, 3 de janeiro de 2013
Repensando o futebol brasileiro

Sem um assunto bom por mim mesmo para a coluna "PM" desta quinta-feira, resolvi pegar um texto que achei bom para partilhar com os amigos deste Papo de Bola - o Site, voltando ao tema da divisão das cotas da TV pros clubes no Brasileirão. Esses dias, mesmo, fiz a mesma coisa com uma postagem no Facebook do Cláudio Afonso, comentarista da Rádio Manchete, que publiquei na coluna de 24 de dezembro. O que trago hoje foi publicado antes ainda, em 15 de dezembro, pelo portal Bem Paraná. É uma consideração espichada do Napoleão Almeida, narrador da webTV do Portal Terra.

Ah: a primeira figura eu tive que redimensionar para caber no espaço, mas clique nela para abri-la no tamanho total.

Final de ano, perspectivas de um novo início em 2013. No futebol, é hora de por em prática o planejamento da nova temporada. Contratações, dispensas, pré-temporada, objetivos. Cada clube com a sua necessidade, conforme a disputa que tem pela frente. Essas são as boas notícias.

A má: dificilmente seu clube, se não for do grupo dos seis que mais recebem nas cotas de TV, principal renda dos clubes atualmente, será campeão. Salvo se tiver um mecenas por trás, caso do atual campeão Fluminense, amparado fortemente pela Unimed. E nesse balaio incluo gaúchos e mineiros.



Essa é a atual distribuição de renda do futebol brasileiro, com base no repasse do principal apoiador, a Rede Globo de Televisão, detentora dos direitos de transmissão do Brasileirão. A imagem detalha o recebimento dos clubes do extinto Clube dos 13 (que abrangia 20 clubes) mais o Paraná Clube, simbolizando todos aqueles que estão no patamar do Tricolor. As cores dividem os grupos cotistas, que são de cinco tamanhos (alguns dos valores estão renegociados). Do amarelo ao vermelho, o que mais recebe ao que menos recebe. Todos dentro de um mesmo campeonato.

É preciso dizer que a Globo faz um bem enorme ao futebol nacional. A evolução nos contratos de TV nos últimos anos começou a projetar o Campeonato Brasileiro como um dos mais rentáveis do mundo. Ainda está longe da Bundesliga (Alemanha) e da Premier League (Inglaterra), mas é um caminho. Não vou entrar aqui na discussão da exclusividade de transmissão, discussão do mercado de comunicação – convenhamos, o know-how da Globo é o melhor, ainda que (até mesmo pra mim, como jornalista) a diversificação de emissoras na cobertura pudesse ser benéfica. A discussão aqui é outra.

A própria televisão já ensaiou – e essa discussão ficou para trás, mas segue em voga com os torcedores – um pedido para que o Brasileirão volte ao mata-mata. E isso porque se ressente de mais emoção na competição. É um engano: se não há emoção no Brasileirão dos últimos anos, é porque a disparidade de arrecadação entre os clubes é enorme. É impossível que o Náutico, melhor clube fora do rol dos maiores recebedores (abaixo até mesmo de Atlético e Coritiba), supere 19 equipes em um torneio de regularidade e seja campeão.

Repare novamente na figura acima. Em amarelo, estão as posições de destaque; em azul, posições confortáveis. Em laranja, posições compatíveis e/ou aceitáveis. Em vermelho, posições ruins – e ainda pintou um preto na tabela. Repare que na divisão do Botafogo para o Atlético – linha que divide os tradicionais 12 dos demais – um lado é quase todo vermelho, outro quase todo amarelo. Não coincidentemente, quem mais recebe contra quem menos recebe. Em tempo: Botafogo e Atlético Mineiro, com todo o respeito que as belas histórias merecem, não são maiores que Atlético, Coritiba, Sport e Bahia. O novo ranking da CBF atesta isso.

O Corinthians, que iniciou como centro dessa discussão na coluna desta quarta no Metro Curitiba, vale quanto pesa. A torcida corintiana, bem como a do Flamengo, são as maiores do Brasil. Eles atraem mais interesse, mais público, vendem mais PPV, merecem ganhar mais. E assim sucessivamente. A ressalva é que essa não deve ser a única maneira de se distribuir o bolo.

Tenho tido a oportunidade de transmitir jogos do Campeonato Alemão pelo Terra (fica o convite, é ao vivo e gratuito) e, a despeito da liderança isolada do Bayern, a competição toda é mais acirrada. Aquele equilíbrio que o brasileiro gosta de propagar, hoje acontece muito mais na Alemanha. Se o ano do Bayern é excepcional, o atual bicampeão é o Borussia Dortmund e Schalke 04, Bayer Leverkusen, Eintracht Frankfurt e Sttutgart se permitem sonhar com a taça ou ao menos uma vaga na Liga dos Campeões – coisa que, no Brasil, tem se restringido a poucos pela Libertadores, obviamente.

A culpa passa longe de quem paga. É, na verdade, de quem vende: os clubes. Os que estão no topo, obviamente, não se incomodam com a situação. Muitas vezes estão amarrados a dívidas e antecipam receitas, se comprometendo mais e mais. Mesmo no seleto grupo dos 12, já vemos clubes sentindo os efeitos: as campanhas do Botafogo são apenas regulares e o Palmeiras, não fosse a conquista da Copa do Brasil (outro estilo de competição) teria uma avaliação recente desastrosa. No entanto, todos são complacentes com a situação. O seu clube também. Os efeitos são sentidos até mesmo na Seleção Brasileira, já não tão querida pelos torcedores em boa parte do Brasil pela falta de identidade e que, com o desamparo aos clubes menores, passará a ter menos fontes para seus craques.

Ok, até aqui, nenhuma novidade (e obrigado pela paciência na leitura). E qual seria uma solução? O exemplo mais democrático está na Inglaterra, liga mais rentável do mundo, vendida em todo o Planeta. A arrecadação de TV é dividida de três maneiras: 70% igualmente entre os clubes; 15%, pelo retorno de audiência; outros 15%, pela classificação dos clubes no ano anterior. Além disso, os clubes que sobem da segunda divisão para a primeira recebem um auxílio especial na primeira temporada. A intenção? Deixar o campeonato competitivo. Claro, o poderio do Manchester United e dos dólares russos do Chelsea e árabes do Manchester City tem restringido a disputa a esses três. Mas aí é atrativo individual de cada um que, como receita de sócios e camisa, passa pelo mérito de cada um.

Para esse tratado, fiz um estudo sobre como seria a distribuição de renda no Brasil usando o modelo inglês. Os cálculos não são precisos (matemática nunca foi o meu forte) mas a distorção é pequena – algum leitor mais hábil com números pode ficar a vontade para me corrigir, especialmente na divisão por audiência. A base do cálculo foi a tabela da Premier League que está nesse link. Nela, os últimos lugares da tabela foram ocupados pelos clubes que subiram para a Série A em 2012.



A diferença entre o que receberia o Corinthians para o que receberia o Vitória, do maior para o menor valor, seria de apenas 21 milhões. O Corinthians continuaria recebendo mais, justamente, e continuaria forte, aproveitando-se ainda dos valores que recebe pela camisa, sócios, etc. Mas o campeonato poderia ser mais equilibrado. A distância para o Vitória seria, digamos, mais honesta. Afinal, o que se espera de uma disputa é que ela seja equilibrada, o que gera interesse. Não à toa, as ligas norte-americanas de basquete e futebol americano são as mais lucrativas do planeta entre todos os esportes. O segredo? O time com pior desempenho no ano anterior é o primeiro a escolher o melhor calouro no draft. Equilíbrio, senhores.

Ainda há mais um fator relevante a se discutir: as dívidas dos clubes com o Governo. Na Europa, a punição é severa. Os tradicionais Napoli e Fiorentina faliram e tiveram de começar em divisões inferiores italianas – o Napoli se recuperou a ponto de comprar o CNPJ (ou como for na Itália) antigo. O Rangers, um dos dois gigantes escoceses, vive esse drama agora. Mesmo sendo um Flamengo da Escócia, foi à falência recomeçou na 4a divisão. Sem perdão. Aproveitei o estudo para fazer um comparativo entre a principal receita dos clubes e a dívida pública, divulgada pela Revista Galileu. O Sport foi o único clube do qual não encontrei dados, mesmo em outras fontes. As cores estão divididas em: vermelho para dívidas com duas vezes ou mais da principal receita, laranja para dívidas pouco maiores ou ainda dentro de um limite suportavel, azul para as dívidas pequenas e amarelo para a única exceção, que segundo a reportagem tem até valores a receber.



A última notícia é de que Governo e CBF estudam punir os clubes devedores. Seria um esvaziamento e tanto na Série A – mas é aguardar pra ver. Diante da ideia de se modernizar o futebol nacional, seria um passo e tanto.

Evidentemente, o raciocínio acima vale para os estaduais (enquanto eles existirem). No Paranaense, que interessa a maioria dos leitores do blog, Atlético e Coritiba fazem o papel de Flamengo e Corinthians. Paraná, Londrina e Operário em uma faixa intermediária e os demais abaixo.

A dificuldade é que o Paranaense não é tão vendável quanto o Brasileirão. A RPC, detentora dos direitos, faz um grande esforço para a cobertura – o que não é nenhum segredo. Faz o ótimo trabalho de difusão do esporte local para todo o Paraná, que não é uno como o Rio Grande do Sul, por exemplo. E encara o mercado recessivo de anunciantes e os regulamentos longos da FPF. Enxugar o Estadual é uma saída. Mas aí é outro papo.


É isso. Deixo agora para os leitores concordarem com ou discordarem do Napoleão.

Esporte Interativo I
Acertando o passo: foi Jorge Iggor o primeiro narrador do canal a gritar gol em 2013. E foram seis vezes, todas do Benfica sobre o Desportivo Aves, na peleja da Taça de Portugal.

Esporte Interativo II
Do NaTelinha: além de Claro TV, Cabo Telecom e TCM TV, outra operadora com quem a emissora quer acertar a transmissão de todos os jogos da Copa do Nordeste é a Oi TV. Isso deve acontecer até o começo do torneio - que, reforço por ainda ter quem pergunte, terá transmissão somente do E+I e das afiliadas nordestinas da Globo.

Campeonato Paulista
Aqui está (postada por 2avenidas) o primeiro chamadão da edição de 2013, enaltecendo os títulos dos quatro clubes grandes e sonorizada com "Exttravasa", do Babado Novo. É o "Babadão Championship" na Globo! (risos)

"Bom Dia Rio Grande"
Com 30 anos no ar completados nesta quinta-feira, o jornal matutino da RBS TV teve como primeiro apresentador o repórter esportivo Rogério Amaral, que depois também narraria nacionalmente por Globo, Band e Globosat, além de trabalhar nas TVs Guaíba, Bandeirantes, Pampa e Ulbra. O "Bom Dia" ganhou um bloco só de esportes em 2002, feito por Eduarda Streb. Ela saiu em 2009 para trabalhar no SporTV e foi substituída por Jader Rocha, que o deixou no começo de 2012 pela mesma razão. No lugar dele entrou Débora de Oliveira, que saiu da RBS no fim do mesmo ano. Atualmente, o esporte é feito por Thiago Morão, vindo da afiliada de Caxias do Sul.

Copa São Paulo de Juniores I
Da série "perguntar não ofende": a TV Pampa será considerada com os torcedores colorados neste domingo e deixará de exibir o programa terceirizado do jogo Tri Legal, das 12h às 13h, ou o mostrará em outro horário? Claro que pergunto isso pois a RedeTV! mostrará ao vivo Internacional x Paulista, às 11h. Se bem que, depois do que desde 2007 a Pampa faz com o futebol da RedeTV!, seja brasileiro ou estrangeiro, não duvido de nada.

Copa São Paulo de Juniores II
Recebo do Guilherme Maia: a TV Esporte Osasco, que transmite pelo canal 8 da Net nesta cidade e pelo site acessível aqui, mostrará ao vivo todos os jogos do Grupo W, que são: neste domingo, Grêmio Osasco x Nacional (AM) às 9h e Internacional x Paulista às 11h; na quarta-feira da semana que vem, Osasco x Paulista e Inter x Nacional; e no sábado também da semana que vem, Paulista x Nacional às 14h e Osasco x Inter às 16h.

Momento Raridade Rara I
Veja aqui (postado por tvs088) um "Esporte Total" de 1985, na TV Bandeirantes, com Elys Marina apresentando uma matéria de José Eduardo Savóia sobre a Stock Car, que teria prova no Autódromo de Tarumã, aqui no RS.

Momento Raridade Rara II
Quem disse que jornalista da TV Globo não pode fazer comercial trabalhando nela? Em 1982, tanto podia que dá para comprovar aqui (postado por arquivos1000). O último comercial deste intervalo é da famosa chuteira Kichute e quem o estrela é Galvão Bueno, à ocasião já com história no canal por narrar o Flamengo campeão mundial.

Momento Raridade Rara III
Reliquiaça: veja aqui (postado por rioborg) um especial lançado em vídeo VHS pela Philco Hitachi, que em três horas condensa gols e grandes momentos das Copas do Mundo entre 1930 e 1982, com apresentação de Luciano do Valle e locução de Fernando Vannucci. Provavelmente tenha sido lançado antes da Copa de 1986.

Convivas

Ontem, à última hora, não consegui, mas hoje colocarei em dia a correspondência pendente dos últimos dias.

"Fico sempre curioso quando assisto jogos da NBA e da NFL, e vejo 14 logotipos de emissoras de TV na mesma transmissão: como funciona o sistema de transmissão desses eventos nos EUA?" (Adilson Vieira)
Não faço a mínima ideia. Já não entendo direito da televisão brasileira, que dirá da de outros países? (risos) Mas se alguém souber e puder explicar, muito agradecido ficarei.

"O Fox Sports montou um esquema interessante nesta virada de ano ao manter seus programas de debate atualizados. Não é sempre que vemos um programa ao vivo no dia 1° de janeiro, como o 'Fox Sports Rádio' da noite, que é bem melhor que o da tarde. É válido continuarem com programas ao vivo mesmo no período da entressafra do futebol e de poucas notícias, ao contrário do que ESPN e SporTV fazem, dando folga quase que geral à programação do dia a dia e mantendo apenas os noticiários de fim de noite. *** Quem quer ver Manchester United no Campeonato Inglês tem de ligar no Fox Sports, pois está clara sua preferência pelos Red Devils. Eles têm sempre a primeira escolha nos jogos ou, mesmo com a segunda, estão preferindo o United? *** Que a ESPN consiga um dial de rádio para que possamos ouvir a grande equipe em ação. Alguns que saíram fazem falta, como Reinaldo Costa e Marcelo di Lallo, mas mesmo assim, o nível do pessoal que ainda está lá justifica que continuem não só na Internet. *** Mais um fim de semana em que vi mais o Esporte Interativo e fiquei espantado. Sábado passado, simplesmente não deram informação ao vivo de nenhum evento. Teve jogo de vôlei na Superliga, jogo do Campeonato Inglês e até mesmo luta de MMA, que eles tanto gostam, mas só mostraram reprises de jogos de 10 dias atrás do Chelsea, entrevista do Edmundo e, claro, a Copa do Nordeste, que só vai passar em certa empresa de TV por assinatura, uma propaganda repetida umas 500 vezes. O E+I é um canal que a gente não sabe se é de esporte ou de vendas. Só informaram alguma coisa dos eventos no domingo depois das 21h, quando todo mundo já sabia do acontecido. Engraçado não usarem o expediente de colocar uma faixa na parte de baixo da tela ao menos para informar os eventos de última hora no esporte, como ESPN e Fox Sports fazem. *** Deve ter influência da Fundação Casper Líbero na troca de horário da São Silvestre, mas não descarto a forcinha da Globo nessa questão. *** Ligo no 'Esporte Espetacular' e, por quase uma hora, passaram um 'reality show' sobre surf. Não acho que o programa teve um ritmo tão bom assim, como Flávio Ricco disse. *** Quais canais irão transmitir o Sul-Americano Sub-20?" (Alexandre Rodrigues Alves)
Sei do SporTV, mas não sei se será apenas ele.

"Me admira a desinformação de certos jornalistas, que não checam nada e saem reproduzindo a primeira batatada que leem. Prestigiosos sites, como os da Veja e do Globo, e até jornais uruguaios saíram afirmando que Mazurkiewicz foi campeão brasileiro pelo Atlético Mineiro em 1971, o que não é verdade, pois o titular da conquista foi Renato, que seria reserva de Leão na Copa de 1974." (Clayton Moreira)
Além do mais, o goleiro uruguaio estreou no Galo apenas na Libertadores de 1972.

"Sou corredor amador e me chateia você se referir à São Silvestre com a expressão 'maratona'. Maratona é o nome de uma localidade a cerca de 40 km de Atenas, que foi palco de uma batalha entre gregos e persas, que inspirou o Barão de Coubertin a criar uma prova pedestre de aproximadamente 40 km para os primeiros Jogos Olímpicos. Posteriormente, a distância foi padronizada pela IIAF em 42,195 km. Como correr mais de 40 km corresponde a um esforço maior que o normal para um ser humano, usa-se o termo maratona para toda atividade que exija um esforço maior que o normal, como em 'maratona aquática' para provas de natação de longa distância. Mas quando se fala em corrida pedestre, maratona só pode ter um significado: correr 42,195 km. E a São Silvestre está bem longe disso, sendo até menor que uma Meia-Maratona. Embora incorreto, acontece de pessoas que não conhecem o esporte se referirem a qualquer corrida longa como 'maratona', mas o que se espera é que um jornalista, ainda mais esportivo, não cometa esse erro de desinformação. E a Fundação Cásper Líbero não organiza nada, é apenas 'dona' da marca São Silvestre. A organização é feita por uma empresa chamada Yescom, de relações 'suspeitas' com a Globo, pelo menos na visão de quem participa frequentemente de corridas. No entender meu e de muita gente que conheço nesse mundo das corridas, as provas organizadas por essa empresa sempre se sujeitam aos horários da Globo em detrimento inclusive do que seria melhor para os corredores, tanto amadores quanto profissionais. É certo que foi a prefeitura, que organiza a festa de virada do ano na Avenida Paulista, quem fez pressão para que alguma mudança acontecesse na prova, fosse no horário ou na localização. Acontece que, anos atrás, a prova havia passado do período original noturno para o vespertino por desejo da Globo. Antigamente, o charme do evento era acontecer na virada do ano. Hoje em dia, não passa de um bando de gente com fantasias e cartazes querendo aparecer na TV." (Denis Andrade)

"Seria legal você colocar o vídeo no site, sem ter que abrir outra aba ou outra janela pra vê-lo." (Fernando Clemente)
Não é, não. Sobrecarrega a página, que em alguns computadores pode demorar a abrir. E como prefiro páginas leves, de acesso fácil, muito mais fácil acho colocar o link para abrir em nova janela, sem contar que é menos frustrante do que seria ocupar um espaço para um vídeo que, daqui a pouco, pode não ficar mais disponível - o que, infelizmente, acontece com frequência.

"Sou torcedor do Bahia e cliente da Sky. A Copa do Nordeste terá transmissão do SporTV?" (Gabriel Barros Evangelista)
Não. O único canal do segmento esportivo a mostrá-la será o Esporte Interativo.

"Com a nova divisão da transmissão da Libertadores, Fox Sports e SporTV exibirão as mesmas partidas?" (Lucas Fernandes de Albuquerque Lira)
Não faço a mínima ideia. Há alguns desencontros nessa história e, além do mais, eu por mim mesmo nada sei sobre este assunto, apenas sabendo o que os grandes portais e jornais e os colunistas especializados publicam.

"Muita gente reclamou da Globo pelo novo horário da São Silvestre, mas no mundo todo as corridas sempre são disputadas pela manhã e a mudança foi elogiada por todos os atletas brasileiros e estrangeiros que correram a prova. *** A ESPN Radio não terá programação 24 horas?" (Matheus Fraga)
Mas nunca foi assim nestes mais de 5 anos, ué... Pela Internet é que não será assim. Não entendi sua pergunta.

"Agradeço ao Kléber Antônio Ferreira de Souza pela ajuda na configuração do receptor da Sky. Eu já estava ficando chateado em não conseguir ver a imagem direito. Nas transmissões da ESPN do Campeonato Alemão eu nem conseguia ver o placar da partida, e nos jogos do Campeonato Italiano muitas vezes não via o jogador que estava com a bola. *** Muitas transmissões foram perdendo a graça durante os anos e uma delas é a da São Silvestre. Não consigo imaginar uma pessoa parada em frente à TV e assistindo com atenção do início ao fim. No máximo, igual a mim, deixa a TV ligada, faz outras coisas e, entre um momento e outro, espia a TV." (Paulo Amaral Pasturczak)

"Eu queria o Gauchão em HD no Premiere FC." (Renato Gonzalez)
A Globosat não tem exibido nada em alta definição neste momento, Renato. Vais esperar mais um pouco por isso.

"Na Globo, cansaram de repetir que a São Silvestre de manhã foi uma ótima jogada tanto para os competidores quanto para o público que vai às ruas acompanhar. *** O 'Jogo Aberto Rio' foi mostrado normalmente na terça-feira, mas acho que não foi ao vivo." (Victor Faria)

Participe pelo papodebola@gmail.com. Sua opinião será registrada nas próximas colunas.

O COLUNISTA: Edu Cesar é criador e editor do Papo de Bola (autor também da coluna "24 Horas").

TWITTER: @papodebola
E-MAIL: papodebola@gmail.com


LEIA COLUNAS ANTERIORES

.

.

.


Confira as manchetes do Papo de Bola - o Site, o acompanhamento das rodadas de futebol e comentários diversos. Para ser mais um seguidor, clique aqui.
 
PAPO DE BOLA - O SITE Desde 2/6/2003 Jogue junto com este time!
Criação, produção e edição Edu Cesar E-mail papodebola@gmail.com

.