Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Segunda, 13 de setembro de 2021
Corintianas saíram na frente das palmeirenses

Um golaço da Gabi Portilho no segundo tempo consumou o 1 x 0 para o Corinthians no Allianz Parque, pela primeira decisiva do Brasileirão Feminino, que terá sua volta apenas no dia 26 pois vem aí amistosos da Seleção Brasileira contra as argentinas na Paraíba (próxima sexta em Campina Grande e segunda que vem em João Pessoa). Um empate bastará para a confirmação do terceiro título, ao passo que o Palmeiras obrigatoriamente deverá ganhar na Neo Química Arena para ser campeão. Até hoje, apenas um time que perdeu a ida saiu campeão - e com regulamento diferente: o Flamengo de 2016, que tomou 1 x 0 do Rio Preto e fez 2 x 1 na volta para na frente ficar por mais gols como visitante, algo inexistente agora por haver igualdade no saldo. O dérbi das mulheres no dia 26 será especial pois teremos um tremendo fim-de-semana unissex, já que no dia 25 teremos o dérbi dos homens.

Líder Galo pintou o sete no Castelão

Um 2 x 0 assinado por Zaracho e Júnior Alonso deixou o time do Cuca com 42 pontos na liderança e sete de distância para o vice-líder. Voltando a ganhar dos tricolores no Ceará depois de 15 anos (ainda que só de duas visitas o jejum), o Atlético Mineiro tem sete êxitos fora de casa no campeonato e não perde há 12 partidas no torneio, tendo oito jogos de invencibilidade geral, dos quais seis vencidos. 4º com 33, o Leão do Pici voltou a perder duas seguidas depois de sete meses (Palmeiras e Bahia) e não ganha há quatro jogos, empatando os demais. Depois de nove sucessos consecutivos, os comandados do Juan Pablo Vojvoda só faturaram dois dos nove compromissos seguintes. O Fortaleza não perdia como mandante desde o 1 x 0 do Santa Cruz, pelo Nordestão, em 23 de março.

Já o Flamengo, 3º com 34 e novo clube do David Luiz, teve dobra do Michael e Pedro voltando a marcar após dois meses para fazer 3 x 1 no Palmeiras, 2º com 35 e para quem não perde há nove partidas (cinco vencidas) desde 2017 - e isso que Gabriel Barbosa, com dores musculares, não jogou. Renato Gaúcho e cia. somando três vitórias seguidas no geral e sete jogos de invencibilidade com seis vencidos, apenas um perdido dos 16 últimos com 14 exitosos e em 10 deles marcando três ou mais gols. Nove visitas de invencibilidade (oito obtidas) desde julho. No campeonato em si, são sete vitórias nos nove últimos compromissos com um único perdido. Já a esquadra do Abel Ferreira ganhou apenas duas das últimas oito partidas gerais posteriores às nove vitórias consecutivas, perdendo quatro destas oito. Dois mandos vencidos nos cinco últimos e os demais perdidos após seis ganhos seguidamente.

O Red Bull Bragantino caiu para 5º, com 32 pontos, ao tomar aos 49 minutos do segundo tempo a virada de 2 x 1 da Chapecoense, 20ª com 10 e que finalmente conquistou a primeira vitória no torneio. No geral, o time hoje liderado pelo Pintado não se dava bem desde os 3 x 1 no ABC pela Copa do Brasil em 2 de junho. Fora de casa, não triunfava desde os 4 x 1 no Marcílio Dias em 16 de maio. Pelo Brasileirão, não vencia fora desde os 2 x 0 no Avaí pela Bêzona em 8 de dezembro. Fora de Santa Catarina, não se dava bem desde os 3 x 1 no Sampaio Corrêa em 20 de novembro do ano passado. Já a equipe do Maurício Barbieri perdeu apenas o quarto dos últimos 19 mandos, só que faturou apenas cinco deles. Após 14 jogos gerais de invencibilidade, ganhou apenas quatro dos 11 seguintes, três perdidos.

Tricolor por tricolor, o Fluminense se deu melhor com 2 x 1 sobre o São Paulo em placar aberto num gol carioca com a bola totalmente fora do lugar na cobrança do escanteio. O tento decisivo remeteu aos anos 90 por marcado que foi por Luiz Henrique (lembrei do "monsieur" daquele Flu). Em 7º com 28 pontos, Marcão e associados ganharam duas seguidas e têm quatro partidas gerais de invencibilidade, três delas vencidas. Em 16º com 22 e na primeira atuação após Daniel Alves se recusar a retornar ao clube por devidos serem R$ 18 milhões em salários, o time do Hernán Crespo voltou a perder após três empates seguidos e quatro jogos gerais, tendo perdido dois dos 12 últimos com cinco vencidos. No campeonato em si eram cinco presenças sem derrota, três delas faturadas.

Atlético Goianiense e Corinthians ficaram no 1 x 1. O Dragão não perde há oito jogos (quatro vencidos) desde 2017 para o Coringão, que não teve a re-estreia do Willian devido a uma intervenção da Anvisa - pois é, somente agora, apenas agora, tendo ele já voltado há "séculos". 9ª com 26, a esquadra do Eduardo Barroca empatou a terceira seguida e não perde há sete jogos gerais, mas ganhou apenas um, e tem cinco empates consecutivos como mandante e oito fracassos seguidos como mandante, seis deles empatados. Em 6º com 29, o time do Sylvinho empatou duas seguidas e não perde há seis jogos com três vencidos, perdendo apenas um dos oito últimos com quatro obtidos.

O 0 x 0 insípido, inodoro e incolor deixou o Santos em 13º, com 23, e o Bahia em 15º, com 22. Estreando Fábio Carille e tendo Marinho de volta após 10 partidas, o Peixe não ganha há sete jogos gerais (quatro perdidos) e obteve o terceiro 0 x 0 nos últimos 10 mandos gerais (quatro obtidos). No campeonato em si, são seis fracassos seguidos (quatro empatados) e uma vitória nas 10 últimas atuações (quatro perdidas). Já o time do Diego Dabove voltou a empatar após quatro jogos e venceu somente dois dos últimos 12 gerais (oito perdidos), tendo sete visitas sem sucesso (cinco perdidas). Os santistas não perdem para os baianos há cinco enfrentamentos desde 2012.

Em 18º com 19, o Grêmio do Luiz Felipe Scolari derrotou por 2 x 0 o Ceará do estreante e reencontrado Tiago Nunes, 11º com 24, para o qual nunca perdeu em quatro jogos na Arena (três vencidos). Os tricolores não empatam há 10 partidas gerais e ganharam seis delas, não empatando há seis mandos gerais com quatro obtidos. Já os alvinegros não ganham há cinco partidas e perderam três das últimas quatro, perdendo a terceira visita seguida e não se dando bem há 13 apresentações fora de casa desde maio, ainda que só cinco perdidas.

O Cuiabá foi aos 27 pontos no 8º lugar ao marcar 2 x 1 no Juventude, parado nos 23 em 14º e para quem nunca perdeu em quatro enfrentamentos (dois vencidos). Bem sucedida, a esquadra do Jorginho ganhou a segunda vencida e não perde há quatro jogos (três faturados), tendo somente duas derrotas nas últimas 13 pelejas (seis vencidas). Ganhando três das últimas cinco visitas, perdeu somente uma de 10 no campeonato. Mal sucedido, o time do Marquinhos Santos não vence há cinco partidas e voltou a perder após cinco, já que empatara quatro consecutivamente. São apenas duas vitórias nas últimas 12 atuações (cinco perdidas) e quatro mandos sem êxito.

E tivemos o América Mineiro fazendo 2 x 0 no Athletico Paranaense pós-saída do António Oliveira. Os comandados do Vagner Mancini venceram duas seguidas e perderam apenas um dos sete jogos seguintes às três derrotas consecutivas, não empatando há sete mandos (quatro obtidos). Já a equipe do interino Bruno Lazaroni - mas na súmula quem assinou foi Paulo Autuori - não vence há cinco partidas gerais (três derrotadas) e sete no campeonato em si (seis perdidas), ganhando somente dois dos últimos 13 gerais (oito perdidos).

Nesta segunda, a 20ª rodada acabará com Sport x Internacional (19º com 17 x 12º com 23).

Goiás venceu um confronto de dianteiros

Jogando fora de casa pela 23ª rodada, derrotou o CRB por 1 x 0 e está na vice-liderança, empurrando o adversário para o 4º lugar atrás do Botafogo, que tocou 1, 2, 3, 4 x 0 no Londrina para vencer a 4ª consecutiva na Série B. Com quatro mil torcedores na Arena do Jacaré, o Cruzeiro fez 1 x 0 na Ponte Preta e não perde há 10 partidas. Quem ganhou uma em 10 é o Náutico, despencando após sofrer 1 x 0 do Vila Nova. O Remo derrotou o Vitória de virada por 2 x 1 e o Sampaio Corrêa perdeu um pênalti no 0 x 0 com o Operário, que não vai às redes há três porfias.

Felizmente desprovida de "asterísticos", a classificação da segunda divisão mostra: em 1º, Coritiba com 45; em 2º, Goiás com 42; em 3º, Botafogo com 41; em 4º, CRB com 40; em 5º, Avaí e Guarani com 37; em 7º, Sampaio Corrêa e Náutico com 35; em 9º, Operário com 33; em 10º, Vasco com 32; em 11º, Remo com 30; em 12º, CSA e Cruzeiro com 29; em 14º, Brusque com 27; em 15º, Vila Nova com 26; em 16º, Ponte Preta com 25; em 17º, Vitória com 23; em 18º, Londrina com 21; em 19º, Brasil com 16; e em 20º, Confiança com 14.

Destaques da 16ª e antepenúltima rodada da Série C

O Grupo A teve Manaus 0 x 0 Botafogo da Paraíba (1º com 25 x 4º com 23), Tombense 0 x 0 Floresta (3º com 24 x 8º com 17), Jacuipense 1 x 0 Volta Redonda (9º com 15 x 5º com 22) e Santa Cruz 0 x 1 Altos (10º com 11 x 6º com 21). O primeiro gol de Tiaguinho em 200 dias não oficializou ainda o rebaixamento tricolor, mas uma mão e quatro dedos da outra dentro da quarta divisão ele já tem. Hoje, tem Ferroviário x Paysandu (7º com 20 x 2º com 24).

Já o Grupo B teve Novorizontino 1 x 0 Ypiranga, Ituano 2 x 1 Oeste, Criciúma 0 x 0 Botafogo de Ribeirão Preto, São José 1 x 2 Figueirense e Paraná 0 x 1 Mirassol, que também deixou o rebaixamento tricolor pertinho, pertinho da oficialização. Classificação: em 1º, Novorizontino (classificado) com 33; em 2º, Ituano (classificado) com 31; em 3º, Ypiranga (classificado) com 30; em 4º, Criciúma com 27; em 5º, Figueirense com 23; em 6º, Botafogo com 21; em 7º, Mirassol e São José com 19; em 9º, Paraná com 13; e em 10º, Oeste (rebaixado) com 7.

Começou a segunda fase da Série D

Não há nenhum confronto com discrepância latente, as melhores vantagens são por perfeitamente reversíveis dois gols de diferença. A registrar ainda apenas uma vitória de visitante. Eis: Moto Club 2 x 0 Castanhal, União Rondonópolis 2 x 0 Boa Esporte, Esportivo 0 x 1 Santo André, Caldense 1 x 0 Aparecidense, Caxias 1 x 0 Portuguesa, Paragominas 1 x 0 São Raimundo de Roraima, Penarol 1 x 0 4 de Julho, Sergipe 2 x 2 Campinense, América de Natal 1 x 1 Itabaiana, Atlético Cearense 1 x 1 Juazeirense, Bangu 1 x 1 Joinville, Retrô 1 x 1 ABC, Uberlândia 1 x 1 Nova Mutum, Brasiliense 0 x 0 Ferroviária e Cianorte 0 x 0 FC Cascavel. Nesta segunda, tem Galvez x Guarany de Sobral.

As rodadas do futebol na Europa

Campeonato Espanhol A 4ª rodada teve Real Madrid 5 x 2 Celta (o destaque do líder com 10 pontos, que voltou ao Santiago Bernabéu após 560 dias e estragou o aniversário do treinador adversário Eduardo Coudet, foi Benzema com três gols, além de um do Vinícius Júnior e outro do estreante Camavinga) e Espanyol 1 x 2 Atlético de Madrid (Griezmann reestreou no Atleti, que venceu de virada aos 54 minutos do segundo tempo).

Campeonato Italiano A 3ª rodada tem três co-líderes com 9 pontos: Roma, que marcou 2 x 1 no Sassuolo (milésima partida de José Mourinho treinando uma equipe principal); Milan, 2 x 0 na Lazio; e Napoli, 2 x 1 na Juventus. A atual campeã Internazionale ficou no 2 x 2 com a Sampdoria e soma 7 pontos.

Campeonato Inglês A 4ª rodada teve Cristiano Ronaldo re-estreando no Manchester United com dois gols nos 4 x 1 diante do Newcastle para co-liderança com os mesmos 10 pontos do 2º Chelsea, que tocou 3 x 0 no Aston Villa, e do 3º Liverpool, que fez o mesmo escore no Leeds United e festejou o 100º gol de Salah na Premier League, mas lamentou a grave lesão de Elliot no tornozelo esquerdo. 5º com 9, o Manchester City fez 1 x 0 no Leicester.

Campeonato Alemão A 4ª rodada manteve a liderança do Wolfsburg, único 100% com 12 pontos após 2 x 0 no Greuther Furth. O Bayern de Munique tocou 4 x 1 no RB Leipzig e é o 2º, com 10. Já o Borussia Dortmund teve mais dois do sensacional Haaland para 4 x 3 no Bayer Leverkusen e 3º lugar, com 9 pontos. Por três vezes o Leverkusen esteve na frente e por três vezes o Dortmund chegou à igualdade até finalmente virar aos 32 do segundo.

Campeonato Francês A 5ª rodada teve o Paris Saint Germain fazendo 4 x 0 no Clermont para liderar com 15 pontos.

Campeonato Português A 5ª rodada teve empate no clássico entre Sporting e Porto, 1 x 1 para deixá-los com 11 pontos em respectivas 3ª e 4ª posições. Lidera o Benfica com 15 pontos, 5 x 0 no Santa Clara.

Curtinhas Esportivas

Ideia boa e má ao mesmo tempo É uma do Internacional ao isentar novos associados de uma ou duas mensalidades conforme a vacinação contra o coronavírus. A isenção para quem se vacinou é boa, privilegiar apenas novos associados com isso já não é bom por nítido ser que o objetivo maior não é valorizar quem seguiu ao lado do clube neste período pandêmico - especialmente na parada do futebol - e sim aumentar o quadro social.

Jogador do Goiás baleado Sem chances no time principal há alguns meses, Henrique Lordelo tomou dois tiros nas costas e na bunda quando ele deu carona a um amigo que ia até uma boate de Goiânia no sábado e foi notada uma briga perto do local. O amigo tentou apartar a confusão, foi perseguido por um homem armado e aí Lordelo tomou os disparos quando o armado se dirigiu ao carro. O futebolista foi atendido em hospital e logo liberado.

A volta dos que foram (muito bem) no Brusque Campeão brasileiro da Série D no ano retrasado, Waguinho Dias retornou à casamata do clube para substituir Jerson Testoni, demitido na última semana.

Turquia sem treinador Senol Gunes deixou a seleção após a pauladaça sofrida diante da Holanda por 6 x 1.

Definição na Libertadores Feminina Confirmada para 21 de novembro, no Parque Central de Montevidéu, a final.

Desclassificado por causa do tênis Foi o etíope Derara Hurisa na maratona de Viena, que chegou a vencer. Motivo? Os calçados dos competidores só podem ter espessura de até quatro centímetros e o dele ultrapassou o limite em... um centímetro. Por isso, o novo ganhador passou a ser o queniano Leonard Langat. É mole???

Títulos de brasileiras no tênis Enquanto Carol Meligeni e a russa Anastasia Tikhonova conquistaram o torneio de Leiria com 2 x 0 (duplo 6/4) sobre a espanhola Celia Ruiz e a italiana Angelica Moratelli, Bia Haddad foi campeã do ITF 60 de Montreux ao aplicar 2 x 0 (6/4 e 6/3) na britânica Francesca Jones.

Força, Luisa Stefani!!! Infelizmente, a medalhista olímpica não jogará mais neste ano pois, no tie-break do primeiro set da semifinal de duplas femininas do Aberto dos EUA disputada por ela e pela canadense Gabriela Dabrowski contra as americanas Cori Gauff e Catherine McNally, caiu na quadra e precisou ser tirada de cadeira de rodas. Horas depois, foi constatado um rompimento do ligamento de seu joelho direito. Volte mais forte ainda, guria!!!

Não deu para Bruno Soares Ele e o britânico Jamie Murray perderam a final das duplas masculinas nos Estados Unidos para o americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury por 2 x 1 (3/6, 6/2 e 6/2).

Surge um novo talento: Emma Raducanu A britânica nascida canadense e filha de uma chinesa e um romeno sagrou-se, aos 18 anos, a campeã mais jovem do US Open desde Serena Williams aos 17 em 1999 e a mais jovem de um Grand Slam desde Maria Sharapova também aos 17 no Wimbledon de 2004. Com 2 x 0 (6/4 e 6/3) sobre a canadense Leylah Fernandez, a jogadora vinda do qualificatório não perdeu um único set sequer e tornou-se a primeira britânica a ganhar um Slam desde Virginia Wade no já citado Wimbledon em 1977.

Daniil Medvedev sagrou-se campeão 3 x 0 (triplo 6/4) para o russo - campeão no dia do aniversário de três anos de casamento - derrubar o sonho de Novak Djokovic de ganhar todos os Grand Slam na mesma temporada, façanha que segue sem acontecer desde Rod Laver em 1969. O sérvio tentou e não conseguiu, diferentemente da holandesa Diede de Groot no tênis cadeirante e campeã também neste fim-de-semana. O feito dela foi ainda mais sensacional porque, além de vencer também Austrália, Roland Garros e Wimbledon, foi ouro paralímpico em Tóquio.

Campeões inéditos de simples num mesmo Grand Slam O que tivemos este ano nos EUA com a Emma e o Daniil não acontecia havia 17 anos, desde Anastasia Myskina e Gastón Gaudio em Roland Garros.

Afanaram Robson Conceição Com direito a um estapafúrdio 117-110 nas notas dos jurados, ele perdeu a disputa do cinturão dos super-penas do Conselho Mundial de Boxe para o mexicano Óscar Valdez.

Boxe de veteranos Enquanto Vitor Belfort ganhou de Evander Holyfield num combate constrangedor de tão desigual dada a diferença de 14 anos entre eles e o fato de Holyfield ser um praticamente sessentão (mas tem gente que por grana topa tudo, rs), Anderson Silva foi ótimo ao derrubar Tito Ortiz com só uma bem dada e nada mais.

Álex Palou abriu frente na Fórmula Indy Ganhador da etapa de Portland, que teve Alexander Rossi e Scott Dixon completando o pódio, foi aos 477 pontos na classificação e viu Pato O'Ward ser apenas o 14º colocado para ter 452 pontos. Faltam duas etapas pro fim da temporada, domingo que vem o pega é em Laguna Seca.

O Halo salvou a vida de Lewis Hamilton A proteção à cabeça dos pilotos impediu uma tragédia terrível no GP da Itália no choque que levou às saídas dele e do Max Verstappen, que tomou três posições de perda no grid da etapa da Rússia no próximo dia 26. Claro que queremos disputas fortes e tudo mais, mas essa gravidade máxima só aconteceu porque o holandês justamente exagerou, fora seu desdém insensível ao nem sequer se preocupar em saber se o inglês estava bem foi de uma baixeza sem tamanho. Hamilton não abandonava um GP desde a Áustria em 2018 e a classificação do campeonato não teve alterações, ele tem 221,5 pontos contra 226,5 do líder Max.

McLaren festejando muitos anos depois Uma das maiores escuderias da Fórmula 1 não poderia passar tanto tempo sem se dar bem - eram 170 corridas de seca de vitórias desde a do Jenson Button no Brasil em 2012, só não era um jejum maior que o da Ligier entre Canadá 1981 e Mônaco 1996. Daniel Ricciardo ganhou a primeira pela atual equipe e voltou a vencer depois de três anos, a última das sete vitórias anteriores tinha sido no Principado. De quebra, o melhor resultado de Lando Norris na categoria resultou na primeira dobradinha da escuderia inglesa desde a de Lewis Hamilton e Jenson Button no Grande Prêmio do Canadá no longínquo e distante 2010.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

Mudanças na Rádio União FM Sei pelo Coletiva de mudanças que a emissora de Novo Hamburgo terá a partir desta segunda, a principal delas o programa "Sintonia", às 10h, passar a ser apresentado por Stephany Sander devido à saída da Denise Cruz para retornar à RBS. A outra é que Renato Rocha passará a apresentar o "Retrô" às 12h, saindo do "Happy Hour" das 17h, no qual estará Cagê Lisboa, retornado à grade diária da emissora, da qual já faz parte com o semanal "Rock and Blues", que continua veiculado nas noites de quarta-feira.

Novidades na Rádio Gaúcha a partir desta segunda Dois programas passam de dupla para trio de apresentadores, o primeiro deles o "Gaúcha Atualidade" às 8h10, no qual estão Andressa Xavier (que cobre a licença médica do âncora titular Daniel Scola) e Rosane de Oliveira, agora acompanhadas de Giane Guerra, que já era colunista de economia e agora passa a ser também apresentadora. O outro é o "Gaúcha Mais" às 14h30, com Kelly Matos e Leandro Staudt acompanhados de Paulo Germano, que já fazia parte dele como colunista de cidade.

Gabriela Viana deixou a Rádio CBN A jornalista anunciou nas redes sociais o fim de sua segunda passagem pela emissora, vinda desde 2018 em São Paulo como apresentadora tanto do "Show da Notícia" nos finais de semana quanto do podcast "Vozes: Histórias e Reflexões". A anterior foi como repórter no Rio entre 2013 e 2015.

Ajuda para Marina Alves Tem sido pedida inclusive no ar, já que a repórter da Verdes Mares (Globo) está com câncer, mais especificamente um linfoma. Necessários são sangue, plaquetas e um transplante de medula óssea. Ajudaria muito para tanto uma compatibilidade entre irmãos, só que Marina é filha única. Força!!!

A engraçada distração de Maria Beltrão na GloboNews Há coisas que com qualquer outra pessoa não ficariam tão boas, mas que com a apresentadora do "Estúdio i" são ótimas. Volta o programa desta sexta de um intervalo e Maria aparece distraída assistindo um vídeo na internet, do qual se escuta uma voz falando: "doces e outras guloseimas". Quando se toca que está no ar, a reação da jornalista é sensacional, daí ela justifica que assistia um vídeo sobre a história do brigadeiro e que sua criadora foi a bisavó da colega Christiane Pelajo. A Maria é demais.

A primeira vez a gente não esquece, Isabel Mega A jornalista do BandNews TV apresentou no sábado pela vez primeira o "Jornal da Band", em quarteto com Felipe Vieira, Paula Valdez e Glenda Kozlowski.

Repórteres diferentes nas coberturas do sábado Duas referentes aos 20 anos completados pelos ataques terroristas ao World Trade Center (11 de setembro) tiveram presenças especiais: na CNN Brasil, a de Patrícia Maldonado, uma vez mais freelancer do canal tal qual já acontecera na última eleição presidencial; e no BandNews TV, a de sua ex-apresentadora - e recentemente saída da CNN - Núria Saldanha.

Jornalistas brasileiros no Afeganistão Duas emissoras estão com enviados ao país cujo governo foi assumido recentemente pelo Talibã: SBT, com Sérgio Utsch, e CNN Brasil, com Lourival Sant'anna.

Próximo "Fantástico" será comemorativo Domingo que vem, o programa da Globo completará 2.500 edições no ar desde a estreia no longínquo e distante 1973. Prometidos são novos quadros e uma nova abertura.

Luto na arte brasileira: morreu Luiz Carlos Araújo Visto em produções como a novela "Carinha de Anjo", do SBT, o ator de apenas 42 anos foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo neste domingo.

Luto em Hollywood: morreu Art Metrano Causas naturais vitimaram na quarta-feira passada o ator de 84 anos, que atuou nos filmes 2 e 3 da franquia "Loucademia de Polícia" como o tenente Mauser.

Luto na música nativista gaúcha: morreu Airton Machado Um grave acidente no quilômetro 44 da BR-282, na catarinense Águas Mornas, fez o ônibus da banda Garotos de Ouro colidir em um paredão de pedras após sair da pista. O vocalista de 62 anos dirigia o veículo e morreu. A banda voltava de shows em São Joaquim.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta segunda, 13 de setembro, são estas:

*90 anos de Barbara Bain, atriz que fez a Cinnamon Carter na série "Missão Impossível".

*75 anos de Frank Marshall, produtor cinematográfico e diretor de filmes como "Vivos" e "Congo".

*70 anos ao dobrado: de Márcio Mendes, cantor do Trio Los Angeles; e de Jean Smart, atriz que fez a Martha Logan na série "24 Horas" e a Charlene na série "Designing Women".

Bela do Dia: Rachel Schneider

Rachel Schneider, repórter da NSC TV (Globo) em Criciúma. Mais uma gaúcha atuante na terra do carvão, natural que é de Erechim.

*65 anos do nascimento de Joni Sledge, cantora falecida em 2017 e integrante do Sister Sledge (vocalista de temas como "Lost in Music", mas não de "We Are Family" ao contrário do publicado em "trocentos" sites aqui, ali e acolá no dia de sua morte, vocalista deste clássico que em fato é Kathy Sledge).

*50 anos ao dobrado: de Goran Ivanisevic, ex-tenista campeão de Wimbledon em 2001 e bronze olímpico em Barcelona 1992 em simples e duplas; e da estilista Stella McCartney.

*40 anos ao dobrado: do último jogo de Grand Slam de Bjorn Borg (derrota por 3 x 1 para John McEnroe na final do Aberto dos EUA); e de Kika Martinez, ex-apresentadora da MTV Brasil e ex-repórter do "Domingão do Faustão" na Globo.

*25 anos ao dobrado: da estreia de "Raymond & Cia.", série estrelada por Ray Romano e Patricia Heaton em 210 episódios e nove temporadas; e da morte de Tupac Shakur, rapper nascido em 1971 e que seis dias antes fora baleado quatro vezes.

*20 anos da morte de Dorothy McGuire, atriz nascida em 1916 e indicada ao Oscar por "A Luz é Para Todos".

Arremate

Covid: quase 587 mil vítimas; quase 21 milhões de casos; quase 73,2 milhões de vacinados por completo.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente!

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.