Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Segunda, 6 de setembro de 2021
Muita coisa teve em Brasil x Argentina... só o jogo em si que não

A partida das Eliminatórias em Itaquera até começou, mas foi interrompida com apenas seis minutos por intervenção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e da Polícia Federal para retirar o goleiro Emilio Martinez, o zagueiro Cristian Romero e os meias Buendia e Lo Celso, vindos do Reino Unido e que não cumpriram uma quarentena necessária para estrangeiros egressos de lá. Muito se sabe, mas na verdade pouco se sabe pois muito com certeza ainda está por vir à tona. O assunto rendeu demais, nunca se viu algo assim. Tento condensar aí alguns elementos:

*Bem notou o excelso Carlos Fonseca no Twitter: quando os agentes da Anvisa e da Polícia Federal chegaram à beira do campo, o delegado da partida pediu que a situação fosse resolvida no intervalo e chegou a citar "a televisão" como um elemento para aquilo não acontecer naquele momento - no caso, a transmissão do evento.

*Isso vai ao encontro de notícia do Martín Fernandez, do GloboEsporte: a organização do jogo queria que a Anvisa esperasse o intervalo, quando os três atletas em campo seriam substituídos e iriam até o aeroporto.

*Gustavo Hofman, da ESPN, noticiou que a Polícia Federal chegou na Neo Química Arena a meia hora da bola rolar com decisão tomada. Seus agentes conversaram com a Conmebol e os delegados do jogo, os quatro argentinos seriam levados após a partida. A Anvisa chegou pouco antes do protocolo de entrada em campo para os hinos.

*Bruno Rodrigues, Carlos Petrocilo e Vinícius Sassine noticiaram na Folha de S.Paulo que agentes da Anvisa foram ao hotel da seleção argentina no sábado e que não foi tratada uma possibilidade de deportação dos quatro jogadores, posicionamento mudado somente a pouco mais de três horas da partida começar.

*Malu Gaspar noticiou n'O Globo que dirigentes da CBF e da Conmebol confirmaram à Anvisa, também no sábado, a informação falsa sobre os quatro argentinos, mas que conversavam com o governo federal para permitir que eles fossem ao jogo, sem dizer com quem dele estavam falando. Fontes da agência sanitária disseram que o ministério que poderia conceder a excepcionalidade é a Casa Civil, o que não aconteceu até a hora da partida.

*Octávio Guedes noticiou na GloboNews que um representante da AFA, o ex-jogador Fernando Ariel Batista, teria sido quem assinou as informações sobre os quatro jogadores, conforme documento oficial da Anvisa.

*Vice-presidente da CPI da Pandemia, o senador Randolfe Rodrigues (Rede do Amapá) afirmou que a CBF será questionada sobre com quais autoridades o governo federal acordou para as regras sanitárias serem burladas.

*A partir de fontes diplomáticas, o Clarín afirmou que o presidente Jair Bolsonaro tentou intervir para que a partida continuasse, mas que isso foi feito quando os jogadores já estavam no vestiário.

*Como dizia Juarez Soares: uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Teve quem lembrasse da Copa América, que não tinha nada que ter acontecido aqui no Brasil, mas enfim, já aconteceu e não tem mais volta. Enfim: a lembrança foi por causa do ingresso de estrangeiros vindos do Reino Unido. Mas como lembrou a jornalista Anita Efraim no Twitter, esta situação não se encaixa na atual pois a portaria que determina a quarentena de 14 dias é de 23 de junho, dez dias depois do início da Copa América. Logo, quando estrangeiros vieram para ela, a norma não existia.

*Se isso aconteceu com quatro jogadores de futebol, pessoas muito conhecidas no seu meio e tudo mais, quantos exemplos iguais ou piores de pessoas comuns não terão ocorrido e ainda continuem ocorrendo?

*O vírus não deveria "ter nacionalidade". Digo isso pois foi lembrado que jogadores nossos vieram do Reino Unido, como o novamente corintiano Willian e o agora flamenguista Andreas Pereira. Só que para brasileiros não há a mesma rigidez sanitária que com estrangeiros - e isto é errado. O vírus é igual para todo mundo, brasileiros e estrangeiros, e não falo só dos futebolistas, mas de todos os cidadãos em geral, sendo esta a falha a questionar.

*A consequência esportiva do jogo, qual será? Bom, vai pra FIFA. E só Deus sabe quando e como ela resolverá isso.

As outras partidas das Eliminatórias aconteceram

A 6ª rodada teve Uruguai 4 x 2 Bolívia (dobras de Arrascaeta e Marcelo Moreno, mas Valverde e Martínez decisivos foram para o êxito celeste), Equador 0 x 0 Chile, Paraguai 1 x 1 Colômbia e Peru 1 x 0 Venezuela.

Após oito partidas disputadas, eis a classificação com asterisco para brasileiros e argentinos: em 1º, Brasil* com 21; em 2º, Argentina* com 15; em 3º, Equador com 13; em 4º, Uruguai com 12; em 5º, Colômbia com 10; em 6º, Paraguai e Peru com 8; em 8º, Chile com 7; em 9º, Bolívia com 6; e em 10º, Venezuela com 4.

A próxima rodada será a 10ª e acontecerá toda ela na quinta-feira (ao menos espero que sim, rs): 19h30, Uruguai x Equador e Paraguai x Venezuela; 20h, Colômbia x Chile; 20h30, Argentina x Bolívia; e 21h30, Brasil x Peru.

Três jogos na 19ª rodada do Brasileirão

Athletico Paranaense e Sport empataram sem gols, mesmo com os pernambucanos tendo um jogador a menos desde os 21 minutos da etapa final, quando expulso Hernanes. Em 8º com 24 pontos, o Furacão não ganha há três jogos e venceu dois dos últimos 11 gerais, seis deles perdidos. No campeonato em si são seis partidas sem vitória, embora não perdesse a sexta seguida. Uma vitória nas últimas 10 rodadas, sete delas perdidas. Em 18º com 17, o Leão tem cinco fracassos seguidos, três deles empatados. Dos oito empates no campeonato, seis foram por 0 x 0. Apenas três vitórias nas últimas 21 partidas gerais, oito delas perdidas. Uma derrota nas últimas seis visitas, ganhando duas.

Já Rodallega entrou para a história ao ser um dos raros atletas nos pontos corridos a marcar quatro gols numa mesma partida, logo a de estreia pelo Bahia para 4 x 2 sobre o Fortaleza. Isso não acontecia há exatos seis anos completados nesta segunda, proeza do Willian Bigode nos 5 x 1 do Cruzeiro diante do Figueirense. Além disso, o colombiano é somente o segundo estrangeiro a atingir tal marca nos pontos corridos, o outro sendo Acosta em todos dos 4 x 1 do Náutico diante do Botafogo em 2007. O reencontro dos treinadores argentinos foi exitoso para Diego Dabove contra Juan Pablo Vojvoda e só não acabou em quina pois Rodriguinho perdeu uma penalidade máxima.

Em 16º com 21 pontos, o Esquadrão de Aço voltou a vencer após três derrotas seguidas, sendo apenas o segundo sucesso nas últimas 11 atuações gerais com oito perdas. Eram oito fracassos consecutivos com sete derrotas. Oito mandos gerais sem empate, quatro exitosos. Em 3º com 33, o Leão do Pici vinha de seis partidas gerais sem derrota e quatro empates gerais, tendo um único êxito nas últimas seis presenças. Os baianos não perdem para os cearenses como mandantes há 15 jogos desde o Torneio dos Campeões de 1982, nove deles faturados.

Enquanto isso, o Cuiabá venceu o Santos no finalzinho por 2 x 1 para decretar a pá de cal em Fernando Diniz, mandado embora dos alvinegros após 10 vitórias, sete empates e 10 derrotas. Em 13º com 22 pontos, o Peixe nunca venceu na Arena Pantanal, tendo três derrotas (as outras para Atlético Mineiro e São Paulo) e dois empates (com Mixto e Flamengo). São seis jogos sem vitória, quatro deles perdidos, os últimos três consecutivos. Uma vitória nas últimas nove atuações gerais, cinco delas derrotadas. São cinco rodadas fracassadas no campeonato.

Isto fará os santistas terem quatro técnicos no mesmo ano depois de 25 anos, o próximo agora completando a lista com Cuca e Ariel Holan, ao passo que em 1996 os quatro foram Cabralzinho, Candinho, Orlando Amarelo e José Teixeira. O auxiliar fixo Marcelo Fernandes comandará o time por enquanto. Em 10º com 24, o Dourado tem três vitórias nos últimos cinco jogos com um perdido e três vitórias nos últimos seis mandos, dois deles perdidos.

Botafogo embalou e ainda tem uma sorte desgraçada do cacete

A vitória por 1 x 0 sobre o Remo, pela 22ª rodada, é a oitava nas últimas 10 atuações, somente uma delas perdida. Não é apenas competência, é também questão de "rabo". Os azulinos meteram duas no poste e ainda perderam uma chance inacreditável de conseguir o empate aos 52 minutos da segunda etapa, blitz desgraçada. O outro carioca tropeçou e tá reclamando horrores do VAR, que deu pau num gol legal que lhe daria a vitória. Mas mesmo com este erro da arbitragem, o Vasco não precisava ficar no 1 x 1 com o Brasil. Era só Cano não perder o pênalti...

O Guarani não quebrou a sequência de 19 anos e 10 meses sem vitória em Recife, agora são 10 partidas depois do 1 x 0 sobre o Sport pela primeira divisão daquele 2001. O 1 x 1 com o Náutico foi ruim para ambos, especialmente para o Timbu por ficar fora dos quatro primeiros. Enquanto isso, a Ponte Preta derrotou o Sampaio Corrêa por 3 x 2 em prélio com duas viradas e tento decisivo aos 44 do segundo para o 5º sucesso seguido da Macaca em casa.

O Vitória venceu o Operário fora de casa por 1 x 0, CSA e Vila Nova ficaram no 1 x 1 e Brusque e Avaí empataram em 0 x 0, com uma penalidade máxima perdida pelos avaianos pois Zé Carlos deteve Edílson.

Com asteriscos para quem jogará nesta terça, eis a classificação: em 1º, Coritiba com 42; em 2º, CRB com 40; em 3º, Botafogo e Goiás* com 38; em 5º, Náutico com 35; em 6º, Sampaio Corrêa, Guarani e Avaí com 34; em 9º, Vasco e Operário com 32; em 11º, CSA com 29; em 12º, Remo e Brusque com 27; em 14º, Ponte Preta e Cruzeiro* com 25; em 16º, Vila Nova e Vitória com 23; em 18º, Londrina com 21; em 19º, Brasil com 15; e em 20º, Confiança com 13.

Nesta segunda, a 23ª rodada começará com Avaí x Vasco.

Temos o primeiro rebaixado da Série C para a D do ano que vem

É o Oeste (10º com 7), que tomou 2 x 0 do Ypiranga (1º com 30), líder do Grupo B. O outro líder, o Novorizontino (2º com 30), foi a Ribeirão Preto e aplicou 1, 2, 3, 4 x 1 no Botafogo (5º com 20). O Criciúma (3º com 26) tropicou e deu um sopro de esperança para o Paraná (9º com 13), que venceu por 2 x 1 em jogo que quase não aconteceu devido ao furto de fiação elétrica da Vila Capanema - obs.: tem quadrilha disso nas araucárias ou o quê? Porque teve isso também na quarta passada, o Londrina x Coritiba da Série B quase foi adiado por causa disso. A partida começou com nove minutos de atraso pois os paranistas entraram com atraso como protesto pelos salários atrasados.

O Mirassol (8º com 16) tomou uma bordoadaça em casa do São José (7º com 19) por 1, 2, 3, 4, 5 x 2 com direito a um gol histórico do Fábio Rampi, que chegou a 19 gols na carreira e agora é o terceiro maior goleiro artilheiro brasileiro na história, desempatando com Tiago Campagnaro, ex-Portuguesa e Vasco. Só nesta Terceirona foi o terceiro tento do guarda-metas goleador, agora atrás apenas dos 40 de Márcio e dos 131 do recordista mundial Rogério Ceni. Nesta segunda, a rodada será fechada quando Figueirense (6º com 20) e Ituano (4º com 25) se encararem.

Enquanto isso, o Grupo A teve Jacuipense 0 x 1 Manaus, Paysandu 1 x 0 Santa Cruz (os pernambucanos poderão ser rebaixados na letra fria dos números já na antepenúltima rodada), Botafogo da Paraíba 1 x 1 Tombense, Volta Redonda 2 x 0 Ferroviário e Floresta 1 x 2 Altos. Classificação a três rodadas do término desta fase primeira: em 1º, Manaus e Paysandu com 24; em 3º, Tombense com 23; em 4º, Voltaço e Botafogo com 22; em 6º, Ferroviário com 20; em 7º, Altos com 18; em 8º, Floresta com 16; em 9º, Jacuipense com 12; e em 10º, Santa com 11.

Vem aí o mata-mata na quarta divisão

14 rodadas depois, terminou a primeira fase. 32 dos 64 clubes seguirão em frente e os confrontos estão definidos: Castanhal x Moto Club, Itabaiana x América de Natal, 4 de Julho x Penarol, ABC x Retrô, Guarany de Sobral x Galvez, Campinense x Sergipe, São Raimundo de Roraima x Paragominas, Juazeirense x Atlético Cearense, Aparecidense x Caldense, FC Cascavel x Cianorte, Boa Esporte x União Rondonópolis, Portuguesa x Caxias, Ferroviária x Brasiliense, Santo André x Esportivo, Nova Mutum x Uberlândia e Joinville x Bangu.

Outros destaques das rodadas do futebol

Campeonato Brasileiro Feminino Teremos dérbi na decisão pois o Palmeiras atropelou o Internacional por 1, 2, 3, 4 x 1 (5 x 1 totais) e o Corinthians repetiu a ida ao fazer 3 x 1 na Ferroviária (6 x 2 totais). As alviverdes jogam o torneio apenas pela vez terceira e são de reta de chegada, pois semifinalistas no ano passado, vices em 2000 e finalistas agora. Já as corintianas vão para a quinta final consecutiva e esperam repetir o caneco de 2018 e 2020 - se bem que supersticiosos poderão se agarrar nisso de ano par campeão e ano ímpar vice... rs Bom, os clássicos acontecerão no domingo que vem e no dia 26, dia seguinte ao Corinthians x Palmeiras do Brasileiro Masculino.

Campeonato Brasileiro Feminino Série A2 Tem campeão decidido às 11 da manhã desta terça entre Atlético Mineiro e Red Bull Bragantino, que ficaram no 0 x 0 na ida. Novo empate levará aos pênaltis.

Campeonato Argentino A 10ª rodada teve como destaque Rosario Central 1 x 2 Boca Juniors, quebrando 15 anos de jejum boquense sem derrotar os centralenses em Rosario.

Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo A 5ª rodada teve a Itália fazendo história no 0 x 0 com a Suíça pois completou 36 partidas de invencibilidade, agora a maior isolada entre seleções em todos os tempos. História também fez a França no 1 x 1 com a Ucrânia, vez primeira que empatou cinco partidas consecutivamente depois que ganhou da Alemanha pela Eurocopa em 15 de junho. Alemães, que amassaram a Armênia por 1, 2, 3, 4, 5, 6 x 0, um tiquinho menor que a goleada da Polônia sobre San Marino por 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 x 1. Enquanto isso, Haaland continua indomável e impossível ao guardar um nos 2 x 0 da Noruega sobre a Letônia, nove gols em 14 partidas pela seleção e 17 em 15 partidas gerais na temporada tanto pelo país quanto pelo Borussia Dortmund.

Eliminatórias Africanas da Copa do Mundo Capítulo mais triste do fim-de-semana esportivo mundial: Guiné x Marrocos aconteceria nesta segunda e foi adiado devido a um golpe de estado no país da África Ocidental.

Curtinhas Esportivas

Jean-Pierre Adams descansou depois de 39 anos O ex-futebolista de Paris Saint Germain, Nice, Nimes e seleção francesa ficou todo este tempo em coma devido a um erro com a dosagem da anestesia antes de uma operação no joelho. Ele tinha 73 anos. Acabou seu sofrimento, acabou o sofrimento da esposa Bernadette.

Natália Gaudio aposentou-se da ginástica rítmica
O campeonato nacional disputado neste fim-de-semana em Aracaju, no qual ficou com ouro na fita e prata no individual geral e por equipes, marcou a despedida dela, que foi bronze no individual geral no Pan de Lima em 2019, hexacampeã brasileira e heptacampeã sul-americana.

Brasil campeão sul-americano masculino de vôlei pela 33ª vez 3 x 1 na partida decisiva contra a Argentina.

Mais um belo resultado de Alison dos Santos Vencedor da Liga Diamante na Bélgica na sexta-feira, ele ganhou os 400 metros com barreiras neste domingo no Meeting da Polônia, registrando 48s50.

Mais um título para Carol Meligeni A dupla da brasileira com a polonesa Martyna Kubka venceu o ITF W25 de Viena por 2 sets a 1 sobre as russas Erika Andreeva e Ekaterina Kazlonova (6/7 - 7/1, 6/4 e 10/7).

Bia Haddad 100% em finais neste ano Todas as quatro que ela disputou foram vencidas, a conquista mais recente sendo a do W60 na suíça Collonge-Bellerive por 2 x 1 sobre a turca Ipek Oz (5/7, 6/1 e 6/4).

Max Verstappen venceu na Fórmula 1 Um chatíssimo GP da Holanda, que poderia ficar mais 36 anos ausente da categoria depois deste retorno chumbregamen (a não ser que haja uma pista menos pé no saco que Zandvoort), deu a ele a sétima vitória na temporada e 224,5 pontos na liderança contra 221,5 do Lewis Hamilton, que acabou em segundo e fez a volta mais rápida. O pódio foi completado por Valtteri Bottas, que nesta segunda teve anunciada uma troca de equipe pro ano que vem: da Mercedes para a Alfa Romeo. Próxima corrida dia 12, na Itália.

Terminaram os Jogos Paralímpicos de Tóquio

A última das 72 medalhas do Brasil, que ficou na 7ª posição no quadro geral, veio no dia derradeiro de disputas e foi uma prata de Alex Douglas Pires da Silva na maratona classe T46. O país teve 22 ouros, 20 pratas e 30 bronzes, igualando no total a marca da Paralimpíada do Rio de Janeiro em 2016, mas com um ouro a mais. O país que mais medalhou foi a China (96 ouros, 60 pratas e 51 bronzes), seguido da Grã-Bretanha (41 ouros, 38 pratas e 45 bronzes). Encerrado este ciclo primeiro olímpico e depois paralímpico, agora é esperar Paris em 2024.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

Fernando Mancio deixou a Record RS O repórter anunciou no Instagram sua saída após dois anos, dando a entender que retornará a Mogi das Cruzes, de onde veio após sete anos na reportagem da TV Diário (Globo).

Morre ex-presidente da TV Cultura João Sayad esteve no cargo de 2010 até 2012 e tinha 75 anos, sendo vitimado neste domingo por um câncer. Ele foi ministro do planejamento no governo de José Sarney em 1986.

Estreia muito legal do Marcos Mion O apresentador mandou bem demais no primeiro "Caldeirão" na Globo, fazendo um programa que não precisou de grandes inovações para cumprir ao máximo sua missão de render duas horas divertidas. Muito à vontade, Mion foi Mion, o mesmo que se viu na MTV, na Bandeirantes e na Record. Para ser ainda melhor, só se fosse ao vivo e não gravado. E sei não se ele ficará apenas até dezembro. A ótima receptividade que percebi especialmente no Twitter endossa uma presença fixa na grade, merecida que seria.

Uma estreia problemática para Luciano Huck A expectativa: receber uma audiência gorda de um Brasil x Argentina pelas Eliminatórias em reencontro após a final da Copa América perdida pelos brasileiros para os argentinos em casa. A realidade: começar com 40 minutos de atraso e enfrentar poréns variados do começo ao fim. Não foi moleza o primeiro "Domingão" do novo apresentador, que foi ao ar somente às 18h40 pois a Globo encerrou a transmissão do triste episódio em Itaquera às 17h05 e abriu um "Campeões de Bilheteria" tri picotado com "Círculo de Fogo", que dura duas horas e 11 minutos. Principais momentos: dizer que "teve um jogaço" logo antes, problema evitável ao máximo em gravações; exibirem um bloco errado do "Show dos Famosos" na volta dos comerciais e tirá-lo em seguida botando por cima o correto; e sua despedida ao vivo, às 21h10, ser cortada antes de completar o "fique agora com...".

A sorte da Globo é a incompetência da concorrência Mesmo com este caos todo, a emissora liderou o "Ipobre" em Sampa City, tudo porque os outros canais não tinham programas tão melhores para derrubá-lo - e aí é claro que falo do SBT, com Eliana e "Roda a Roda", e da Record, com "Hora do Faro" e "Domingo Espetacular". E isso que botar filme ao invés de seguir com o fato pelando de quente do momento derrubou quase pela metade os índices. Desse jeito, os globais seguirão "confortavelmente confortáveis", como diria o Sr. Redundância Redundante.

Uma saudação ao Piero Vergílio O "Jornalista Vê TV" do Twitter começou neste fim-de-semana a ter um espaço de informação e opinião no Observatório da Televisão. Boa sorte e que dure bastante esta nova fase!

Dois atores deixaram "Lei & Ordem: Unidade de Vítimas Especiais" A 23ª temporada, que estreará na NBC dos EUA no próximo dia 23 (exatamente uma semana depois do meu aniversário, mas isso não vem ao caso) terá duas baixas no elenco principal, dispensados que foram Jamie Gray Hyder e Demore Barnes, que faziam respectivamente a detetive Kat Tamin e o promotor Christian Garland desde o 21º ano.

"Plantão Médico" estreando na TNT Séries A série clássica produzida de 1994 até 2009, que durou 331 episódios, ganha exibição pelo canal por assinatura a partir de hoje, com dois episódios por dia de segunda a sexta às 13h30 e às 19h25. Trazida ao Brasil pela Globo e depois reprisada pelo SBT em canal aberto, além de mostrada pelo Warner Channel, a série consagrou George Clooney como astro internacional. Além dele, o elenco inicial tem como destaques Anthony Edwards, Julianna Margulies, Eriq La Salle, Sherry Stringfield e Noah Wyle, o recordista de aparições (254 episódios). A dublagem que a TNT Séries passará é a original da Herbert Richers, com vozes como as de Marco Antônio Costa, Marco Ribeiro, Vera Miranda, Mauro Ramos, Lina Rossana e Ettore Zuim.

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta segunda, 6 de setembro, são estas:

*60 anos de Pal Waaktaar, guitarrista da banda A-ha.

Bela do Dia: Roxy Sternberg

Roxy Sternberg, atriz. Logo, logo ela retornará para mais uma temporada (a terceira) de caçada aos criminosos na série "FBI - Os Mais Procurados".

*50 anos ao dobrado: de Márcia Coutinho, dubladora de atrizes como Cobie Smulders e Rene Russo em filmes das sagas "Vingadores" e "Thor" da Marvel, além das personagens Carrie na série "O Rei do Queens" e Maura Isles (substituindo Teresa Cristina) na série "Rizzoli & Isles", mais a Mulher Elástica na animação "Os Incríveis" e a Mamãe Pig no desenho "Peppa Pig"; e do nascimento de Dolores O'Riordan, cantora falecida em 2018 e eterna vocalista da banda The Cranberries.

*45 anos ao dobrado: de Rubens Cardoso, ex-futebolista campeão por Grêmio (Copa do Brasil e Gaúcho ambos em 2001), Internacional (Mundial e Libertadores em 2006 e Recopa Sul-Americana em 2007) e Coritiba (Paranaense de 2008); e de "O Bilhete de Loteria", episódio da série "Chaves" cuja cena dele entrando choroso no barril foi usada - invertida - no término da abertura própria do SBT de 1990 a 1993 (o que me faz crer que eles têm este episódio dublado e jamais o exibiram, estreado sendo apenas em 2018 pelo Multishow).

*25 anos do fim de "Quem é Você?", novela das seis na Globo, escrita primeiro por Solange Bastos Neves e depois por Lauro César Muniz com base em sinopse de Ivani Ribeiro, estrelada por Elizabeth Savalla e Cássia Kiss.

Arremate

Covid: mais de 583 mil vítimas; quase 20,9 milhões de casos; mais de 67,1 milhões de vacinados por completo.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente!

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.