Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Sexta, 16 de julho de 2021
Que gororoba, heinhô, Internacional!

Rocambole indigesto também é uma definição apropriada para o que o time do Diego Aguirre mostrou no Paraguai - isto é: não mostrou. A sorte dele é que o Olimpia, que voltou a disputar uma partida oficial depois de dois meses e meio e tinha apenas dois amistosos feitos antes desta ida das oitavas da Libertadores, é de chorar de tão ruim (não à toa, tomou meia dúzia aqui em Porto Alegre e perdeu em casa nos grupos). Fossem os olimpistas minimamente qualificados e teriam vencido os colorados - e bem. Tirando uma ou duas exigências do Aguilar no primeiro tempo, o que os gaúchos fizeram de útil? Apesar da ruindade técnica, o Olimpia ainda tirou mais do Daniel, que praticou três defesas fundamentais com "FU" daquilo mesmo que você está pensando. No entanto, o lance avalista do 0 x 0 foi aquele gol inacreditavelmente perdido na cara do alvo pelo "quatrocentão" Roque Santa Cruz na etapa final.

Com o empate sem gols, quinta-feira que vem o vencedor se classificará para as quartas-de-final. Como novo "oxo" gerará a disputa por chutes a 11 passos da marca fatal e todas as igualdades com gol favorecerão os paraguaios (mesmíssima situação do Atlético Mineiro diante do Boca Juniors), apenas, tão somente, única e exclusivamente a vitória interessa ao Inter, o que é um problema quando se sabe que a bola rolará no Beira-Rio. Depois dos 4 x 1 diante do Juventude pela volta da semifinal do Gauchão em 8 de maio, não ganhou mais nenhuma ali. São oito fracassos em casa, cinco deles perdidos, pior sequência geral da história e uma das duas piores em partidas oficiais, reprisando 1990. Neste período, aquele vexame contra o Vitória na Copa do Brasil e a perda do estadual para o Grêmio. No geral da temporada, são seis partidas sem se dar bem. Como tirar perspectivas positivas disso tudo?

Bem, além dos empates em 0 x 0 como visitantes de Internacional e Atlético Mineiro, tivemos nesta rodada de ida da parte brasileira o São Paulo empatando como mandante em 1 x 1 com o Racing (empate na Argentina só lhe será favorável de 2 x 2 para cima), Palmeiras e Flamengo ganhando fora de casa por 1 x 0 respectivamente de Universidad Católica e Defensa y Justicia (o que lhes concede a vantagem do empate - aliás: o rubro-negro levou seu mando para Brasília só para ter até 25% de público no Mané Garrincha, que os deuses da bola e da vida tenham piedade máxima dos candangos), sendo do Fluminense a melhor vantagem pelos 2 x 0 diante do Cerro Porteño (pedido de anulação pelo gol ridiculamente não validado à parte) pois até a derrota por um de diferença lhe será benéfica.

Antes disso, os seis tupiniquins vão a campo no fim-de-semana pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro: no sábado, os são-paulinos receberão o Fortaleza às 17h, os atleticanos visitarão o Corinthians às 19h e os tricolores cariocas pegarão em casa o Grêmio às 21h; já no domingo, os palmeirenses desafiarão o Atlético Goianiense às 16h (contando com Abel Ferreira na casamata pois o segundo jogo do gancho do STJD virou medida de interesse social e multa), os flamenguistas visitarão o Bahia às 18h15 e os colorados serão mandantes contra o Juventude às 20h30.

Bela vitória santista, mas com sustos depois do gol



O Santos começou bem as oitavas da Sul-Americana ao vencer o Independiente por 1 x 0 no rebote aproveitado pelo Kaio Jorge, justificando um volume muito interessante de oportunidades criadas pela esquadra do Fernando Diniz. O problema foi que o time empacou depois de na frente ficar. Os argentinos se encorajaram e partiram para cima, sabedores da importância do gol fora neste regulamento. Aí entrou em cena João Paulo, fundamental com ao menos três defesas salvadoras da lavoura alvinegra. Com isso, semana que vem em Avellaneda o Peixe jogará por vitória, empate ou derrota por um gol a partir de 2 x 1. O Rey de Copas precisa de dois ou mais de diferença.

Desta maneira, os quatro brasileiros desta fase saíram na frente, três deles por 1 x 0, os outros sendo o Grêmio contra a LDU e o Athletico Paranaense diante do América de Cali, mandantes sendo na volta para terem a vantagem da vitória e do empate, enquanto derrota por 1 x 0 levará aos pênaltis e seus adversários precisarão de dois ou mais de diferença ou de um gol a partir de 2 x 1. A melhor situação é a do Red Bull Bragantino pelos 2 x 0 sobre o Independiente del Valle, que lhe permite jogar a volta por vitória, empate ou derrota por um gol. Pênaltis teremos se tomar 2 x 0, enquanto os equatorianos precisarão de três ou mais de diferença ou de dois gols a partir de 3 x 1.

Antes disso, os quatro vão a campo pelo Brasileirão: no sábado, athleticanos visitando o Ceará às 17h e gremistas fora de casa contra o Fluminense às 21h; e no domingo, BragaBull e Peixe frente a frente às 20h30.

Outros destaques de ontem, hoje e amanhã de manhã

Campeonato Brasileiro Série B A 12ª rodada começará com duelo na ponta de cima entre Sampaio Corrêa x Coritiba (3º com 19 x 2º com 21 e um jogo a menos) e encontro de extremos em Confiança x Guarani (16º com 9 x 5º com 19), na manhã deste sábado a zona de fundo sendo movimentada por Brasil x Vitória (19º com 8 x 17º com 9).

Campeonato Brasileiro Série C A 8ª rodada do Grupo B começa nesta sexta com São José x Oeste (9º com 5 x 10º com 2) e prosseguirá na manhã do sábado com Mirassol x Criciúma (8º com 7 x 2º com 14).

Amistoso sub-23 Com 5 x 2 sobre os Emirados Árabes Unidos, o Brasil terminou sua preparação para os Jogos Olímpicos. Agora, tudo é Tóquio para André Jardine e seus convocados na busca do bicampeonato.

Amistoso europeu Gerson estreou no Olympique de Marselha e guardou um nos 3 x 1 sobre o Servette.

Há 20 anos morria Emil Pinheiro



Nascido em 1923, este contraventor do jogo do bicho entrou para a história do Botafogo pois montou a equipe que conquistaria o Campeonato Carioca de 1989, cessando uma seca de 21 anos sem taças, e ainda o bicampeonato no ano seguinte.  Isso levou Emil à presidência do Fogão entre 1991 e 1992, ano no qual o vice brasileiro contra o Flamengo terminaria sua participação no clube após uma suspeita de suborno a atletas alvinegros. Nunca esteve do lado da lei, transgressor dela que era. Nem por isso seu nome deixa de estar na posteridade botafoguense.

Curtinhas Esportivas

Giuliano é do Corinthians Contratado até o fim de 2023 o meia ex-dupla Grenal, por último do Basaksehir.

Sport tem novo presidente Com 1.083 votos (83,76%) contra 210 de José Valadares e 11 brancos e/ou nulos, Leonardo Lopes comandará o clube até o fim de 2022, completando o mandato do renunciado Milton Bivar.

Benfica não tem mais presidente Enroladíssimo em acusações de envolvimento num esquema de corrupção, Luís Filipe Vieira não comanda mais os encarnados. Seu sexto mandato acabaria só em 2024 (fecharia 21 anos na presidência). Assim, o ex-jogador e mandatário temporário Rui Costa deverá convocar um novo pleito.

Novak Djokovic estará na Olimpíada Se Rafael Nadal e Roger Federer não irão a Tóquio (e talvez até por isso mesmo sua decisão tenha sido tomada), o sérvio confirmou presença no tênis masculino dos Jogos.

Há 15 anos, um mesmo GP de F-1 vencido pela 8ª vez



A marca inédita foi atingida na França por Michael Schumacher no Grande Prêmio da França, que ele ganhou em 1994, 1995, 1997, 1998, 2001, 2002 e 2004 antes da vitória de 2006, quando Fernando Alonso e Felipe Massa fecharam o pódio. Nunca na Fórmula 1 uma mesma etapa tinha sido conquistada oito vezes pelo mesmo piloto, algo que perdurou até o ano passado, quando Lewis Hamilton igualou a marca ao faturar a prova da Hungria, reprisando 2007, 2009, 2012, 2013, 2016, 2018 e 2019. Neste fim-de-semana, aliás, o inglês correrá em casa num GP diferente devido à experimentação da corrida rápida no lugar do treino classificatório, com grid sendo definido nesta sexta para disputa neste sábado, com percurso equivalente a um terço da corrida às ganhas, realizada no domingo e cujo grid será definido pelas posições finais da rápida, que dará três pontos ao 1º colocado, dois ao 2º e um ao 3º.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:

Saídas no SCC SBT Sei pelo Making Of de suas saídas na afiliada de Santa Catarina: a do diretor jornalístico Gerson Cruz, dispensado na última terça após quatro anos no cargo e que é sucedido por Guido Schvartzman, diretor de conteúdo da ACAERT (Associação Catarinense das Emissoras de Rádio e Televisão); e a da editora-chefe do jornal "SCC Meio Dia", Jéssica Cescon, que troca de emissora e de setor pois vai pro esporte da NSC (Globo).

Thays Beleze na RIC TV De volta à telinha paranaense está a apresentadora ex-RPC (Globo) e Rede Massa (SBT), desta última saindo no fim de 2018. Algumas horas depois do Gabriel de Oliveira dar a notícia no TV Pop, ela confirmou que surgirá na afiliada da Record como apresentadora da competição gastronômica "A Grande Batalha de Receitas", que estreará em 11 de setembro e que fará em dupla com Bruno Prévidi (parente do José Luiz ou apenas sobrenome igual?). Numa evidência de que não está fácil para ninguém, não haverá prêmios em dinheiro.

Mexe-mexe na CNN Brasil Mais um, mais um... O noturno "CNN Tonight" sairá do ar após o programa desta sexta-feira depois de um ano de transmissão (falam que voltará em outro formato em breve), a partir da próxima segunda a faixa das 23h15 sendo ocupada pelo jornal "Agora CNN", que virá na sequência de atrações de notícias leves. Com isso, Mariana Palma se unirá novamente ao matrimoniado Phelipe Siani em um semanal de fim-de-semana sobre as principais produções de streaming em áudio e vídeo, enquanto Gabriela Prioli fará um programa de entrevistas sobre personalidades da arte, da cultura e do show bizz, ao passo que Leandro Karnal terá um projeto de contextualização de dados históricos e reflexões filosóficas. Por fim, a partir da próxima segunda, Fernando Molica passará a fazer o quadro "Liberdade de Opinião" no matinal "CNN Novo Dia" e Sidney Rezende será comentarista vespertino.

Didi, Dedé, Mussum e Zacarias de volta ao SBT Depois de duas semanas fora do ar devido à Copa América, a "Tela de Sucesso" voltará a passar filmes do quarteto a partir de hoje com "O Casamento dos Trapalhões", de 1988. Na semana que vem, a exibição será de "Os Trapalhões e a Árvore da Juventude", de 1991.

André Jardine e cia. derrubaram Daniel San e Sr. Myiagi Vários sites chegaram a dizer, sem se tocar da troca de grade devido a Brasil x Emirados Árabes Unidos, que a Globo passaria "Karatê Kid - A Hora da Verdade" na "Sessão da Tarde" desta quinta. Realmente era para ser isso, mas dias depois acertaram a transmissão do futebol no lugar. Assim, a sessão clássica de quinta-feira retornará na semana que vem com "Space Jam - O Jogo do Século", que pegará carona na chegada ocorrida ontem aos cinemas de "Space Jam - Um Novo Legado", continuação na qual LeBron James é em 2021 o que Michael Jordan foi há 25 anos. Como o site do Plim-Plim já publicou a grade inteira até o fim deste mês, se sabe que no dia 29 a exibição será do oitentismo "Gremlins".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Há 85 anos nascia Edson "Bolinha" Cury



Um dos grandes animadores de auditório da televisão brasileira, ele começou na reportagem esportiva em 1961 após ser mascate, feirante, cobrador de ônibus, vendedor de velas para cemitério e balconista. Iniciado na TV Excelsior, fez história na Rede Bandeirantes em dois momentos com duas atrações similares: "A Hora do Bolinha" nos anos 70, depois dela dando uma pausa no programa para retomar no então recém-surgido SBT a carreira de repórter esportivo (inclusive nas primeiras transmissões de Libertadores da história dele até o retorno em 2020), então voltou em 1983 com o mais popular e ainda hoje por muitos lembrado "Clube do Bolinha" (Bolinha... Bolinha... está na hora de você entrar na minha...), exibido nas tardes de sábado até a extinção em 1994. Edson Cury morreu em 1998.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta sexta, 16 de julho, são estas:

*110 anos do nascimento de Paulo Gracindo, ator falecido em 1995 e que surgiu na Rádio Nacional como ator de novelas e humorísticos, entre eles o "Balança Mas Não Cai" com o Primo Pobre e Primo Rico em dupla com Brandão Filho, imortalizando na TV Globo personagens como Coronel Bastos em "Gabriela", Padre Hipólito em "Roque Santeiro", Betinho em "Rainha da Sucata" e, claro, o prefeito Odorico Paraguaçu em "O Bem Amado" (por engano, registrei a data dele há exato um mês, mas hoje ela entra na data certinha).

*65 anos da Rádio Verdes Mares, inicialmente pertencente aos Diários Associados e, mais adiante, adquirida pelo Grupo Edson Queiroz, que seria formado a partir dela, que estreou no prefixo AM 1410 e está desde 1980 em AM 810, constando dos autos que se transferirá em breve para o FM 92,5.

Bela do Dia: Marina Tranchitella

Marina Tranchitella, executiva de futebol e que tem experiência em eventos como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. Nos últimos anos ela trabalhava no Internacional como executiva de operações, mas foi dispensada em abril e adquirida no mês passado pelo Grêmio para fazer um diagnóstico sobre a gestão da Arena, da qual quer ser o dono.

*60 anos ao dobrado: do nascimento de Renê Weber, ex-futebolista falecido em 2020 devido ao coronavírus e que foi campeão por Fluminense (Brasileiro de 1984 e tri carioca) e Internacional (tri gaúcho), sendo auxiliar por muitos anos do técnico Paulo Autuori, inclusive no Botafogo campeão brasileiro de 1995; e da estreia de "Mosaico na TV", um dos programas televisivos mais antigos do país, dedicado eminentemente a assuntos da comunidade judaica, estreado na Excelsior e depois mostrado por Cultura (a primeira, a dos Associados), Tupi e por 32 anos na Gazeta, inclusive na parceria dela com a Rede OM / CNT na década de 1990, atualmente transmitido para assinantes das operadoras Claro/Net e Vivo em São Paulo.

*55 anos de Deborah Finocchiaro, atriz, diretora e produtora das mais tradicionais do teatro do Rio Grande do Sul há três décadas e meia, tendo também trabalhos em cinema, música e televisão.

*50 anos de Corey Feldman, ator de filmes como "Os Goonies", "Conta Comigo" e "Sem Licença Para Dirigir".

*5 anos da estreia da Arena Botafogo, nome dado naquele ano ao Luso-Brasileiro na Ilha do Governador enquanto o Nilton Santos estava cedido aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, estreia ocorrida no clássico Botafogo 3 x 3 Flamengo pelo Campeonato Brasileiro (nos dois anos seguintes, o estádio seria a Ilha do Urubu).

Clipe do Dia: Ginger Rogers

Há 110 anos completados nesta sexta, nascia a atriz vencedora do Oscar por "Kitty Foyle" e atuante em outros como "A Incrível Suzana" e "A Mulher que Não Sabia Amar", falecida em 1995. Para a história ela ficou especialmente pela dupla com Fred Astaire no auge dos musicais de Hollywood, tempos nos quais tínhamos magia, encanto, fascínio, sonho, quando esse cinema das antigas nos transportava para tempos mais sonhadores, puros, alegres, em momentos assim fazendo que as pessoas se sentissem flutuando sobre nuvens para expressar a felicidade sentida (mas vem cá, tchê... que é que deu em mim hoje? rs). Com ele fez uma dezena dos seus quase 100 filmes, entre eles "Voando Para o Rio, "A Alegre Divorciada", "O Picolino" e "Ritmo Louco", de 1936, do qual deixo aí "Dance Class".



Arremate

Covid: mais de 539 mil vítimas; quase 19,3 milhões de casos; mais de 32,6 milhões de imunizados por completo.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente!

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.