Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Domingo, 21 de fevereiro de 2021
Sábado de sorrisos para Bahia e Ceará



Assim determinaram as partidas que abriram a 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Primeiro, o Ceará ganhou do Coritiba por 2 x 0, sendo que escapou de dois gols alviverdes anulados no primeiro tempo. Foi a sétima vitória do alvinegro de Porangabuçu longe de casa, índice comparável aos de postulantes ao título (oito de Internacional e São Paulo e 10 do Flamengo), o que cessou uma seca de quatro rodadas infrutíferas e garantiu um ineditismo: os primeiros jogos internacionais da história do clube, assegurado na Sul-Americana, para a qual retornará depois de 10 anos - detalhe: na Sul-A de 2011 e na Conmebol de 1995, seus únicos jogos foram contra brasileiros (os respectivos São Paulo e Corinthians). E não serão no mínimo dois e sim ao menos seis neste 2021 devido à mudança no regulamento, que terá fase de grupos, na qual entrarão diretamente os seis egressos do Brasileirão.



Dois estão assegurados na Sul-Americana pois o outro é o Atlético Goianiense, beneficiado pela derrota na noturnaça que deixou a torcida do Vozão mais feliz ainda: a do Fortaleza, que tomou uma sova federal do Bahia por 1, 2, 3, 4 x 0 com direito a trinca do Rodriguinho, o último tento dela em mais um azarão do Felipe Alves, que outra vez defendeu um pênalti, mas não pegou o rebote. Um tricolor baiano fazendo três no Leão do Pici não acontecia desde Sérgio Alves nos 3 x 2 da Copa do Nordeste em 31 de março de 2002, enquanto tantos gols num só jogo contra os fortalezenses não eram anotados desde os 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 x 1 também pelo Nordestão em 7 de maio de 1998. Os baianos não tinham um triunfo visitante tão maiúsculo desde os 4 x 0 no Vasco em 9 de setembro de 2012, e os cearenses não sofriam uma derrota assim em casa desde os 4 x 0 do Corinthians em 1º de novembro de 2006, pela Série A.

Depois destes jogos e antes dos deste domingo, Bahia e Fortaleza somam 41 pontos, o Sport 42 e, dentro dos quatro últimos, Vasco 37 e Goiás 36. Os baianos botaram uma pimenta malagueta em prato já ardido.

Morreu Miguelina, mãe de Assis e Ronaldinho Gaúcho



Vitimada aos 71 anos, estava internada desde dezembro aqui em Porto Alegre devido ao coronavírus. Muita força para toda a família pois perdemos uma das mães mais famosas do futebol brasileiro, merecedora de uma baita homenagem da torcida do Atlético Mineiro em 2012, quando Ronaldinho ali atuava e ela sofria de câncer.

Rosana pendurou as chuteiras



Uma das mais importantes jogadoras do nosso futebol em sua geração, ela anunciou sua aposentadoria anteontem aos 38 anos - agora definitiva, diferentemente de 2019, quando o fez em janeiro para voltar aos gramados em setembro. Campeã da Libertadores de 2017 pelo Corinthians e do Sul-Americano de 2010 pelo Brasil, pelo qual faturou o ouro pan-americano em 2007, foi medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2004 e de 2008. O Brasil e as Américas não seriam suficientes para ela, que também conquistou a Europa em 2011, quando estava no Lyon.

Deu Novak Djokovic de novo na Austrália



9ª final neste Grand Slam, nono título. Daniil Medvedev nem deu pro cheiro, 3 x 0 com 7/5, 6/2 e 6/2. São 18 Slams do sérvio e o terceiro consecutivo (os anteriores foram em 2008, 2011 até 2013, 2015 e 2016).

Há 10 anos estreava o "Bem Estar"



Primeiro programa de jornalismo da Rede Globo totalmente produzido em alta definição, mudou a grade matinal ao estrear depois do "Mais Você" e antes da "TV Globinho". Os apresentadores eram Mariana Ferrão, que voltava a ser apresentadora depois de exercer esta função no "Jornal da Band", e Fernando Rocha, que dava mais uma guinada em sua carreira após ser repórter de esportes e jornalismo geral. Com mais de meia hora diária de informações sobre saúde, posteriormente teve edições especiais realizadas em várias partes do país - uma delas foi aqui em Porto Alegre em 2014 e conheci a Mariana pessoalmente depois do programa.

Aquele ano marcou seu retorno de licença-maternidade, período no qual Flávia Freire a substituiu. Em 2019, Mariana e Fernando saíram, o "Bem Estar" trocou de setor (do jornalismo para as variedades) e Michelle Loreto assumiu a apresentação. Hoje, ele é quadro do "Encontro com Fátima Bernardes" e do "É de Casa".

Há 35 anos acabava "Roque Santeiro"



O aguardadíssimo capítulo final da obra de Dias Gomes, tocada por ele e por Aguinaldo Silva, rendeu excepcionais audiências à Globo - não aquela de 100 pontos no 143º capítulo (foram 208 totais) e sim 90 em São Paulo e 85 no Rio de Janeiro das 20h25 às 22h, médias publicadas em 25 de fevereiro de 1986 pela Folha de S.Paulo conforme dados do Ibope. Foi apenas no desfecho que se soube que a viúva Porcina (Regina Duarte) ficou não com o personagem-título (José Wilker) e sim com Sinhozinho Malta (Lima Duarte) - dois finais gravados e ambos, o exibido e o excluído, passaram depois no "Fantástico". Devido à ditadura militar, demorou uma década para a Globo enfim produzir esta novela. Quando o fez, foi para fazer história. Uma das tramas obrigatórias de todo o sempre.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As deste domingo, 21 de fevereiro, são estas:

*75 anos ao triplicado: do nascimento de Alan Rickman, falecido em 2016 e ator de filmes como "Duro de Matar", "Robin Hood, o Príncipe dos Ladrões" e da saga "Harry Potter"; de Anthony Daniels, mímico que atuou como o andróide C-3PO em todos os principais filmes da saga "Guerra nas Estrelas"; e de Tyne Daly, atriz que estrelou a série "Cagney & Lacey" de 1981 até 1988.

*60 anos de Christopher Atkins, ator do filme "A Lagoa Azul" e que fez o 7º ano de "Dallas".

*35 anos de Charlotte Church, cantora de música clássica.

*30 anos do Atlético Sorocaba, campeão da Copa Paulista de 2008 e licenciado do futebol profissional desde 2016.

*25 anos da Mocidade Independente campeã do carnaval do Rio de Janeiro com "Criador e Criatura".

*15 anos da morte de Bruce Hart, compositor nascido em 1938 e que fez a letra da música-tema de "Vila Sésamo".

*5 anos da morte de María Luisa Alcalá, atriz nascida em 1943 e que fez a Malicha (ou Malu) em "Chaves" somente em 1974, quando a sobrinha do Seu Madruga cobriu a ausência da Chiquinha devido à gravidez da Maria Antonieta de las Nieves.

Revisitando a semana na "24 Horas"

Estas foram as colunas dos últimos dias e seus principais destaques (leia a edição clicando na data):

14 de fevereiro Prévia das oitavas da Liga dos Campeões; os 10 anos da aposentadoria de Ronaldo; os 70 anos da vitória de Sugar Ray Robinson sobre Jake LaMotta; os 30 anos de "O Silêncio dos Inocentes"; nas "Datas em 0 ou 5", os 90 anos do nascimento de De Sordi; e "Clipe do Dia" para os 75 anos do nascimento de Dicró.

15 de fevereiro VAR dominando o falatório nas vitórias do Internacional sobre o Vasco e do Flamengo diante do Corinthians; Palmas campeão tocantinense três semanas depois da tragédia aérea; São Paulo venceu no NBB com o mesmíssimo time do começo ao fim devido ao surto de Covid; nas "Datas em 0 ou 5", os 40 anos de Gomes; e "Clipe do Dia" para os 70 anos de Melissa Manchester.

16 de fevereiro Fluminense entrando com tudo na briga pela fase de grupos da Libertadores; Silvana Ramiro apresentando o "Bom Dia Brasil" pois Ana Paula Araújo ausentou-se em cima da hora devido à morte do pai; "SBT Meio-Dia" mudou de nome para "SCC Meio-Dia"; a "afiliada" em Tocantins que a CNN Brasil não sabia que tinha; e nas "Datas em 0 ou 5", os 70 anos de Oblitas.

17 de fevereiro Paris Saint Germain humilhou o Barcelona no Camp Nou e Mbappé foi o dono da noite; seleção brasileira de basquete barrada na Colômbia devido ao coronavírus; Felipe Moura Brasil na BandNews FM; Raimundo Varela deixando a apresentação do "Balanço Geral Bahia"; nas "Datas em 0 ou 5", os 50 anos de Gamarra; e "Clipe do Dia" para os 30 anos de Ed Sheeran.

Bela do Dia: Jasmine Roth

Jasmine Roth, empreiteira e decoradora que bate ponto em programa próprio no Discovery Home & Health, o "Reforma Personalizada", e que venceu a competição "Mulheres à Obra". Por um dia não fizemos aniversário juntos, pois sou de 16 de setembro e ela de 17 (eu de 1981 e ela de 1984).

18 de fevereiro Santos ainda sonhando com a pré-grupos da Libertadores após vencer o Corinthians; Atlético finalista no atrasado Goiano de 2020; Vitória estreou empatando no Baiano; Manchester City fazendo mais história ainda na Inglaterra; CNN aumentando a duração do "Live" e reduzindo a do "Visão"; nas "Datas em 0 ou 5", os 55 anos de Cléber Wellington Abade; e "Clipe do Dia" para os 35 anos sem Nelson Cavaquinho.

19 de fevereiro Remo e Brasiliense classificados para a final da Copa Verde; Pepê vendido pelo Grêmio para o Porto; LeBron James chegando aos 35 mil pontos na NBA; os 100 anos da Folha de S.Paulo; Diário do Nordeste deixando o papel para ficar somente na internet; nas "Datas em 0 ou 5", os 55 anos de Scifo; "Clipe do Dia" póstumo para Telmo de Lima Freitas; e os 35 anos de Marta, a "Bela do Dia".

20 de fevereiro São Paulo fora da briga pelo título brasileiro ao empatar com o Palmeiras; declaração patética de Francisco Novelletto; Naomi Osaka campeã na Austrália mais uma vez; Felipe Moura Brasil tanto local quanto nacional na BandNews FM; nas "Datas em 0 ou 5", os 105 anos do nascimento de Elba de Pádua Lima, o Tim; e "Clipe do Dia" para os 70 anos de Eduardo Souto Neto.

Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil 246 mil dos mais de 10 milhões e 100 mil infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.