Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Quinta, 28 de janeiro de 2021
18 anos do surgimento do embrião deste PB

Para tudo na vida existe um começo. O deste PAPO DE BOLA - O SITE foi antes ainda do seu surgimento em 2 de junho de 2003. Mas por qual motivo o nome tem "o Site"? A origem está no que eu chamaria de "versão beta" deste PB, que foi um blog iniciado em 28 de janeiro de 2003. Logo, "atinjo a maioridade" em escritos na internet.

Já falei algumas vezes, mas não custa reprisar: o nome eu escolhi depois de vê-lo constar na grade de programas na TV de uma edição do Lance! de Curitiba, que uma vez no fim da década de 1990 achei em banca daqui de Porto Alegre ao invés da feita em SP - o programa era "Papo de Bola na Band", que apenas há poucos anos fui saber que quem apresentava era o ex-jogador e comentarista Capitão Hidalgo. O blog não completou seis meses pois era tanto assunto rendendo tantos posts que o espaço dele ficou pequeno, daí precisei migrar para site, por isso PAPO DE BOLA - O SITE, como uma "evolução da espécie" (ou "involução", dadas minhas groselhas vencidas).

Mesmo sendo um dia especialíssimo, não faço nada de mais especial nesta quinta-feira pois algo mais bacana quero deixar para a proximidade dos 18 anos deste site em si, já algumas ideias estando na minha cabeça para tanto, mas mais à frente quero desenvolvê-las melhor. Por agora, deixo meu agradecimento às damas, aos cavalheiros, aos viventes em geral (e em arquibancada, numerada, enfim, em todos os setores do estádio, até naquele endinheirado dos camarotes) pelo tempo de leitura e pela paciência com "PA" maiúsculo, como diria em Castanhal, Tucuruí e Ananindeua, com todos os perrengues que enfrentei nesse tempo - e não foram poucos. Seguimos! E vamos lá.

Mais um triste retrato do descaso com o futebol feminino



Desde anteontem, Sorocaba - mesmo com bandeira vermelha (estágio mais alto de atenção contra o coronavírus em SP, pelo qual somente serviços essenciais devem funcionar) - recebe o Campeonato Brasileiro Feminino Sub-18. Diversos dos grandes clubes do país estão envolvidos no torneio, mas isto não significa que haja um melhor tratamento só porque um escudo poderoso, uma camisa pesada ou um nome retumbante esteja presente. Muito ao contrário. Há casos onde o descaso dá as cartas. Não lembro agora como cheguei no que citarei, mas ao ler senti que precisava destacar aqui por ser mais um triste retrato do descaso com o futebol feminino neste país.

Assim escreveu o perfil Galo Delas no Twitter: "A jornalista Naty Andrade publicou uma matéria no Deus te Dibre sobre a preparação do Galo e, depois de semanas sem informações concretas sobre a competição, finalmente entendemos o porquê. Não podemos nem chamar de preparo. O Galo não queria entrar, mas descobriu que a CBF impôs a participação como obrigatoriedade para os clubes que fazem parte de competições masculinas. Então, tudo aconteceu de última hora: o elenco é um apanhado de jogadoras do Tupinambás, da nossa base desativada e de profissionais. Elas tiveram poucos treinos presenciais, pois casos de Covid-19 obrigaram o elenco a treinar remotamente (a assessoria não soube informar quem se infectou). E a coisa fica mais séria: por ter entrado em cima da hora, o clube alega não ter conseguido resolver burocracias financeiras em tempo hábil."

E prosseguiu: "Assim, a primeira fase foi custeada pelo treinador e pelas jogadoras. Assustadas, questionamos a assessoria, que nos garantiu que a equipe será reembolsada posteriormente. O que não deixa de ser um absurdo, pois as atletas (menores de idade ou recém com 18 anos, vale ressaltar) e o treinador literalmente pagaram para trabalhar. Muitos dos quais atuam no futebol amador quando não trabalham para o Atlético e que nem sabemos se foram remunerados na pausa da base em 2020. Também não sabemos se a categoria permanece suas atividades depois desse Brasileiro. A justificativa da indefinição foi a troca da diretoria." Acréscimo de minutos depois: "A assessoria do Galo entrou em contato e informou que esqueceu de informar que as atletas e a comissão arcaram com o preparatório e a competição - viagem, hospedagem e testes de Covid - são pagos pela CBF."

Em sinal de protesto contra o tratamento dispensado pelo Atlético às atletas e à comissão técnica, o perfil Galo Delas decidiu chamar a equipe de Galo/Tupinambás e colocar o escudo do Tupi nas artes que divulgam os jogos dela, mesmo sem ser uma parceria oficial. Anteontem, as Vingadoras estrearam empatando com o Sport por 1 x 1. A gente quer o futebol feminino mais forte e acho, sim, que essa obrigatoriedade imposta pela CBF é um mal necessário para que haja mobilização nem que seja na base da força até que haja estabilidade para as boleiras se sustentarem pelas próprias pernas, mas isso que transcrevo acima me deixou mal demais - até porque não é caso único. Lembremos do Vitória e do execrável Paulo Carneiro, que passou pro time masculino dinheiro destinado ao time feminino.

Os últimos jogos atrasados do Brasileirão

Por enquanto, porque daqui a alguns dias certamente outros ficarão pendurados devido à ida de Palmeiras ou Santos para o Mundial de Clubes. Enfim... Hoje tem Grêmio x Flamengo, pela 23ª rodada, e Bahia x Corinthians, válido pela 30ª. Os cariocas estão em 4º com 55 pontos e os gaúchos em 6º com 51, respectivamente a sete e onze pontos do líder Internacional. Já os paulistas têm 45 pontos na 9ª posição e os baianos têm 32 em 17º.

O Esquadrão de Aço ganhou os três últimos encontros com o Coringão na Fonte Nova. Se repetir a dose, igualará o Fortaleza em 35 pontos e mandará os cearenses para a zona do rebaixamento por ter 8 vitórias contra 10 que os baianos atingiriam. O Timão, que enfrenta um surto de coronavírus com 10 infectados (embora desses apenas Ramiro fosse titular), contará pela 500ª vez com o goleiro campeão mundial e sul-americano Cássio.

Já o Imortal, vindo da derrota de virada no Grenal, não é derrotado na Arena há quase quatro meses, mas no confronto direto quem está melhor é o Mengão, que perdeu para o Athletico Paranaense domingo passado. Nas últimas sete partidas desde 2018 entre eles, os cariocas venceram cinco e empataram duas desde 2018.

Curtinhas Esportivas

Mais um jogo antecipado na Série B A última rodada, toda realizada amanhã, agora começará às 16h com Figueirense x Ponte Preta. São, portanto, quatro partidas disputadas mais cedo, as outras sendo Sampaio Corrêa x Oeste às 17h e CRB x Cuiabá e Botafogo de Ribeirão Preto x Operário às 19h15. Das "por laranjas", permaneceram às 21h30 Brasil x Vitória e Paraná x Cruzeiro. Do que realmente vale falarei mais na coluna de amanhã.

Treinadores renovados Dependendo apenas de si para ser campeão da Bêzona, o América Mineiro renovou com Lisca até o final deste ano. O mesmo acerto foi feito pelo Náutico com Hélio dos Anjos, que lhe salvou.

Luto na velocidade: morreu Adrián Campos Um aneurisma na artéria aorta vitimou aos 60 anos o ex-piloto de Fórmula 1 e dono de equipe em categorias de base, além de revelador de Fernando Alonso.

Sintonia PB

Começa o tópico desta "24 Horas" que está antenado no que ocorre fora dos esportes. Às novidades:



Vera Magalhães gravou um "piloto" na Rádio CBN A apresentadora do "Roda Viva" na TV Cultura esteve ao lado de Rodrigo Bocardi, com quem interagirá a partir da próxima segunda-feira quando estreada sua coluna diária no jornal "Ponto Final", que ele e Carolina Morand comandam às 17h. Ontem, Vera gravou com os apresentadores o teste do quadro que fará. A partir da próxima semana, ela também terá uma coluna no jornal O Globo. CBN e TV Cultura é uma união já bem antiga pois remete ao princípio de Mílton Jung na rádio e à época do Heródoto Barbeiro.



Novo programa na TV Cultura A partir de hoje e todas as quintas-feiras, irá ao ar das 22h às 23h o "Linhas Cruzadas", que promete aprofundar discussões sobre assuntos do momento no noticiário. Apresentarão Thaís Oyama, que dias atrás deixou a Rádio Jovem Pan, e Luiz Felipe Pondé, colunista do "Jornal Gente" na Rádio Bandeirantes.



TV Centro América fará mudanças Tem praças que se viram bem com o "Bom Dia" estadual com duas horas e meia, mas tem algumas onde reduzir é necessário. Assim acontecerá a partir de segunda-feira na afiliada da Globo em Mato Grosso, onde a grade nacional é mostrada em tempo real com RJ e SP - e, portanto, uma hora mais cedo devido ao fuso habitual do ano inteiro. Com isso, o "Bom Dia MT" deixará de ser das 5h às 7h30 locais (6h às 8h30 DF) e passará a ser das 6h às 7h30 (7h às 8h30). O "Hora 1" passará a ser exibido gravado das 4h às 6h (5h às 7h) e a hora aberta entre o fim do "Corujão" e o início do VT dele será preenchida pelo "Terra da Gente", programa da EPTV.



Marcelo Poli deixou a Globo SP Repórter da emissora desde 2015, ele havia passado a co-apresentador do "Bom Dia SP" no ano passado após a saída da Glória Vanique para a CNN Brasil, embora pouco depois o lugar passasse a ser de colegas como Sabina Simonato, Cinthia Toledo e Luiza Vaz. Isto é: agora ex-colegas, já que pediu demissão. Nova emissora? Nenhuma. Será gestor de crises e treinador corporativo - o famoso "coach".



Luto em Hollywood: morreu Cloris Leachman A atriz de 94 anos partiu anteontem de causas naturais. Ganhadora do Oscar de coadjuvante por "A Última Sessão de Cinema", venceu oito Emmys ao longo da carreira e ganhou um Globo de Ouro por "Phyllis", série derivada com a personagem que fazia na premiada "Mary Tyler Moore". Ela atuou em comédias como "O Jovem Frankenstein", "Alta Ansiedade" e "A Família Buscapé", além de participar de séries como "Vivendo e Aprendendo", "Malcolm" e, no ano retrasado, da reativação de "Louco por Você".

E fique antenado! "Sintonia PB" continua de olho no que ocorre fora dos esportes e retorna na próxima coluna.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As desta quinta, 28 de janeiro, são estas:

*95 anos do nascimento de Maneca, ex-futebolista falecido em 1961 e que foi convocado pelo Brasil para a Copa do Mundo de 1950, tendo títulos baianos por Galícia em 1943 e Bahia em 1956, além do Sul-Americano de 1948 e de quatro Cariocas pelo Vasco.

*85 anos ao dobrado: do nascimento de Waldir Boccardo, ex-basquetebolista falecido em 2018 e campeão mundial pelo Brasil em 1959, além de bronze olímpico em Roma 1960; e de Alan Alda, ator indicado ao Oscar de coadjuvante por "O Aviador" e vencedor de quatro Emmys e seis Globos de Ouro só pela série "M*A*S*H", na qual interpretava o capitão "Hawkeye", além de ganhar mais um Emmy por "Nos Bastidores do Poder" (West Wing).

*75 anos ao dobrado: do América de São José do Rio Preto, campeão da A2 paulista em 1957, 1963 e 1999; e de Don Reo, criador das séries "Blossom" e "Eu, a Patroa e as Crianças".



*70 anos da Fonte Nova, clássico estádio de Salvador que recebeu inúmeros Ba-Vis, finais de Campeonatos Brasileiros (como o 2º dos três Bahia x Santos de 1959 e as idas do Bahia x Internacional de 1988 e do Vitória x Palmeiras de 1993), partidas da Seleção Brasileira em torneios como a Copa América (uma delas fazendo o Uruguai campeão em 1983) e "trocentos" jogos inesquecíveis, além de - depois de refeito após a demolição de 2010 - seis da Copa do Mundo de 2014 (dentre os quais o mais especialíssimo Espanha 5 x 1 Holanda).

Bela do Dia: Jessica Ennis

Jessica Ennis, atleta do heptatlo, campeã olímpica em Londres 2012 e prata na Rio 2016, além de campeã mundial em 2009 e 2015. Ela completa 35 anos hoje.

*55 anos ao dobrado: de Alice Borges, atriz de novelas como "I Love Paraisópolis" na Globo, de humorísticos como "Vai que Cola" no Multishow e de filmes como "Os Farofeiros"; e de Marco Brasil, tradicional locutor de rodeios.

*40 anos de Elijah Wood, ator de filmes como "Eternamente Jovem", "O Anjo Maldito" e a trilogia "O Senhor dos Aneis".

*30 anos de Wellington, futebolista campeão por São Paulo (Brasileiro de 2008 e Sul-Americana de 2012) e Athletico Paranaense (Sul-Americana de 2018, Copas Suruga e do Brasil de 2019 e estadual de 2020).

*25 anos ao dobrado: da estreia do Palmeiras no Paulistão do qual seria campeão com o ataque de 102 gols - e já de cara goleando a Ferroviária por 1, 2, 3, 4, 5, 6 x 1; e da morte de Jerry Siegel, roteirista nascido em 1914 e co-criador do Super-Homem em parceria com Joe Shuster em 1938.

*5 anos da estreia de "Os Dez Mandamentos - o Filme", versão da telenovela da Record para os cinemas editada a partir da referida e acrescentada de cenas inéditas.

Clipe do Dia: Paraná

A dupla Chico Rey & Paraná, nem preciso dizer em qual estado surgida, existiu de 1981 até 2016, quando Chico Rey morreu. Hoje, Paraná completa 65 anos. Deles, separei esta canção: "Canarinho Prisioneiro".



Clipe do Dia: Peter Schilling

O cantor alemão completa 65 anos nesta quinta-feira. Em 1983, ele estourou na Europa com "Major Tom".



Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil mais de 220 mil dos mais de 9 milhões de infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.