Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Domingo, 11 de outubro de 2020
Hamilton iguala Schumacher e faz história (mais ainda)



91 vitórias. Lewis Hamilton enfim atingiu a marca que estava na cara que atingiria por ser o excelente piloto que é, faltava só saber quando seria. Foi na etapa de Eifel, na alemã Nurburgring, uma corrida que nem foi muito boa e teve apenas pequenos lampejos de interesse. Nada, porém, que diminua e nem desabone um feito histórico do inglês, que largou atrás de Valtteri Bottas e tirou proveito de um erro dele para assumir a dianteira e não mais perdê-la. Marcas e mais marcas derrubadas, esta vinda com 261 corridas em 14 temporadas contra 306 em 19 incompletas do alemão. Também aí mais uma imagem emocionante: filho do Michael, Mick entregou a Lewis um capacete do pai. De lambuja, mais uma pra qual tive a atenção chamada pela Alessandra Alves: Hamilton, símbolo da representatividade negra, igualou o recorde de vitórias na Alemanha, país para sempre marcado negativamente pelo nazismo de Hitler. Simbólico.

Agora é esperar que Hamilton isole-se como mais vitorioso a partir quem sabe já da próxima etapa, dia 25, no GP de Portugal, que volta ao calendário após 24 anos. Ainda nesta etapa de Eifel, dois destaques: Nico Hulkenberg foi o "piloto do dia" após ser chamado muitíssimo às pressas pela Racing para substituir Lance Stroll - Nico ia comentar a prova pela TV local -, dar 4 voltas no Q1 e ficar com a última posição, mas ainda assim terminar em 8º lugar, o que dentro das circunstâncias foi sensacional; e Kimi Raikkonen, que ficou na 12ª posição, completou 323 presenças na categoria, tornando-se isoladamente o piloto mais presente nela, empatado que estava com Rubens Barrichello.

Rafael Nadal, senhor supremo de Roland Garros



Um mesmo competidor ganhar 13 vezes o mesmo torneio já é algo espetacular. Mas um mesmo competidor ganhar 13 vezes o mesmo torneio em 13 finais disputadas é mais assombroso ainda. O que o espanhol faz no saibro francês é para a história, é praticamente inigualável no esporte mundial. E hoje foi humilhante, teve até pneu! Algo que só fizera em 2008, contra Roger Federer, e foi repetido diante de Novak Djokovic, que não deu nem pro cheiro e perdeu os outros sets por 6/2 e 7/5. São agora 20 títulos de Grand Slam para Nadal (os outros: 4 nos EUA, dois em Wimbledon e um na Austrália), igualando a marca de Roger Federer. De quebra, veio a 100ª vitória no Slam francês. E na hora de receber o troféu, emoção como se este tivesse sido o primeiro da carreira. Um gigante que dá gosto de ver.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor. As deste domingo, 11 de outubro, são estas:

*55 anos de Sean Patrick Flanery, ator que protagonizou a série "O Jovem Indiana Jones".

*50 anos de Constance Zimmer, atriz das séries "Fama e Amizade" e "Unreal".

*10 anos do Novo, não aquele partido político que de "novo" não tem nada e sim o clube de Campo Grande, fundado por ex-membros de uma organizada do Operário.

Os 45 anos do "Saturday Night Live"

Andy Samberg, Bill Murray, Chevy Chase, Chris Farley, Dan Aykroyd, Dana Carvey, Darrell Hammond, David Spade, Eddie Murphy, Garrett Morris, Gilda Radner, James Belushi, Jimmy Fallon, Joan Cusack, John Belushi, Jon Lovitz, Julia Louis-Dreyfus, Kenan Thompson, Mike Myers, Molly Shannon, Phil Hartman, Randy Quaid, Rob Schneider, Robert Downey Jr., Tina Fey, Will Ferrell... Gerações diferentes de atores, comediantes e humoristas ali surgidos e/ou consolidando-se, começando ali trajetórias vencedoras na própria televisão ou mais ainda no cinema. Fora isso, personagens marcantes e esquetes memoráveis, tudo feito ao vivo e acompanhado de um anfitrião e um convidado musical por semana. A efeméride de hoje celebra esta ainda hoje exibida criação de Lorne Michaels para a NBC.

Revisitando a semana na "24 Horas"

Estas foram as colunas dos últimos dias e seus principais destaques (leia a edição clicando na data):

5 de outubro Atlético Mineiro mais impossível que a missão com a virada sobre o Vasco; Cuiabá mais líder ainda da Série B ao ganhar do Cruzeiro; Remo quebrando escrita diante do Paysandu; louco maníaco quase causou tragédia no kart; a morte de Zuza Homem de Mello; Mariana Godoy estreou na Rádio Bandeirantes; uma pensata de Rachel Sheherazade sobre a falta de liberdade nas redações; a volta do "Pica-Pau" na Record; e nas "Datas em 0 ou 5", os 85 anos de Tarcísio Meira.

6 de outubro Um golaço de Rafa Mineira digno de Vila Belmiro na vitória da Ferroviária; as ausências nos clubes da Série A por causa das Eliminatórias; adiado o julgamento de Carol Solberg; Isabele Benito revoltadaça com agressão a um cinegrafista do SBT; e os 20 anos da estreia de "CSI - Investigação Criminal".

Bela do Dia: Missy Peregrym

Missy Peregrym, atriz que faz a Maggie de "FBI", série que agora dá não mais às terças e sim às quintas no Universal TV e que também estará na Globo a partir do dia 23. Linda!

7 de outubro O empate do Cuiabá com o Juventude na Série B; a volta do Tiradentes do Piauí; a convocação da Seleção Sub-20; Paulo Wanderley reeleito presidente do COB; mudanças nos jornais da TV Clube (Record Pernambuco); SBT dispensou Andrei Rossetto; agressor verbal de Maria Júlia Coutinho surgiu no "Fantástico" como entrevistado normal; sem debates na Record; e "Clipes do Dia" póstumos para Eddie Van Halen e Johnny Nash.

8 de outubro Fortaleza derrotou o líder Atlético Mineiro; suspensões na Série A3 de SP devido à acusação de manipulações de resultados; confirmada para dia 13 a estreia da CNN Rádio na Transamérica; TVs do Sul criam a Rede Regional de Notícias; Luciane Kohlmann passa a ser repórter de rede no SBT; e "Clipe do Dia" com o novo single do AC/DC.

9 de outubro Sampaio Corrêa afundando mais ainda o Cruzeiro; a "Galhardependência" do novamente vice-líder Internacional; Rio Grande processará a Ponte Preta; a morte do locutor Gilberto Verardi; Bandeirantes terá programa do canal Sex Privé; Ratinho manterá Leão Lobo em seu programa no SBT; nas "Datas em 0 ou 5", os 15 anos da morte de Clóvis Bornay; e "Clipe do Dia" dos 80 anos do nascimento de John Lennon.

10 de outubro Iga Swiatek fazendo história ao conquistar Roland Garros; Miami Heat forçando o 6º jogo decisivo da NBA; a goleada do Brasil; afagos e sopapos na vitória do São Caetano; ninguém segura o Cuiabá na Série B; Roberto Cabrini de volta à Record após 11 anos; debates cancelados pela Globo; a morte de Cecil Thiré; nas "Datas em 0 ou 5", os 35 anos sem Orson Welles e Yul Brynner; e no "Clipe do Dia", os 30 anos do 1º disco de Thalía.

Arremate

Coronavírus já vitimou no Brasil 150 mil dos quase 5 milhões e 100 mil infectados. Força e solidariedade.

"24 Horas" volta rezando que um dia este mal cesse ou diminua drasticamente.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.