Desde 02/06/2003 Criação, produção e edição: Edu Cesar


papodebola@gmail.com


papodebola


sitepapodebola


edupapodebola


(51) 99843-7700

SOBRE ESTA SEÇÃO
O editor Edu Cesar comenta os resultados dos campeonatos de futebol e o dia-a-dia dos clubes. Destaque para o que de principal ocorre em todas as modalidades e ainda os tópicos não-esportivos "Sintonia PB", "Clipe do Dia" e "Bela do Dia".
 
LEIA AQUI as colunas anteriores VEJA AQUI as "Belas do Dia" anteriores
 
Terça, 15 de setembro de 2020
A vida não voltou ao normal, mas este site sim

É como me sinto ao publicar neste 15 de setembro as primeiras edições das seções "24 Horas" e "Papo de Mídia" desde 19 de março, ainda no nascedouro da pandemia do coronavírus, o maior malefício vivido pelo mundo em um século e que, só aqui no Brasil, já vitimou mais de 132 mil dos mais de 4 milhões de infectados. Tudo que ela trouxe me deixou muito mal desde então, desmotivado, cabisbaixo, desesperançoso até, não só da parte de governantes, mas também de muitas pessoas ditas comuns com comportamentos incomuns - ou que sempre foram comuns e nós é que não percebíamos.

São 6 meses saindo de casa apenas e tão somente por necessidade básica de ir num supermercado ou resolver assuntos pessoais importantes meus e da mãe, abdicando até das caminhadas longas que gosto de dar e que tão necessárias me são para eu não ser sedentário por um bem maior de todos nós. 6 meses nos quais procurei distrair minha cabeça fazendo outras coisas, como organizar meus arquivos de vídeos, áudios e fotos e fazer algumas postagens no Twitter sem maior compromisso. Nem mesmo as competições de futebol já retomadas acompanhei com atenção até aqui. Triste fiquei e triste continuo com grandes perdas de personalidades que partiram cedo demais, especialmente por consequência da Covid-19.

Porém, há coisas acontecendo num volume perto da normalidade, mesmo que nada esteja efetivamente normal, por mais que uns e alguns queiram forçar ao máximo um panorama neste sentido. E é para não deixar de relatar e comentar estas coisas que estou retomando hoje este PAPO DE BOLA - O SITE, capengando, longe do ideal, mas talvez melhor isso do que nada - embora, diga a verdade, o "nada" seria bem melhor do que ler esse monte de groselha vencida que digito. A vida não voltou ao normal e nem voltará enquanto "normal" para muitos for que uma doença grave vitime por dia praticamente mil pessoas todos os dias, eu não voltei ao normal (ah: adicione a isso tudo o dito "inferno astral" pré-aniversário de 39 anos amanhã), mas este site está voltando ao normal, seja lá qual for o "normal anormal" dele desde que surgido em 2 de junho de 2003. Sigo lá no Twitter, tô no Facebook, meio a meio no Instagram e agora também no Whatsapp.

Vamos tocar ficha neste PB, torcendo e rezando para que soluções venham, quaisquer que sejam elas, no sentido de que a vida não demore tanto para voltar ao normal.

A Libertadores está de volta



Exatamente depois de 6 meses, tanto que aquele do UFG (Ultimate Fighting Grenal) foi o último dia de jogos até a interrupção por causa da pandemia. Como as damas e os cavalheiros não devem mais nem lembrar quais times estão em ação e como houve alterações importantes como permitir que jogadores que já atuaram por um clube possam excepcionalmente defender outro nesta mesma edição, segue abaixo um pequeno resumo de cada um dos 8 quadrangulares.

Grupo A O Flamengo visitará na quinta o Independiente del Valle, ambos líderes com 6 pontos. Lanternas com 0, Barcelona e Junior "se enfrentar-se-ão-se um ao outro e vice-versa".

Grupo B Líder com 6 pontos, o Palmeiras visitará amanhã o Bolívar, 3º com 3, mesma pontuação do 2º, o Guaraní, que receberá amanhã o Tigre, lanterna zerado.

Grupo C Todos têm 3 pontos. O Athletico Paranaense visita hoje o Jorge Wilstermann, enquanto o Colo-Colo encara o Peñarol.

Grupo D Também aqui são 3 pontos para todos. O São Paulo receberá o River Plate na quinta. Antes, tem Binacional versus LDU hoje mesmo.

Grupo E Líder (vermelhos) e vice-líder (azuis) com 4 pontos, a dupla Grenal fará rodada dupla amanhã. Primeiro tem o Internacional recebendo o América de Cáli, 3º com 3, e depois o Grêmio desafiando a lanterna zerada Universidad Católica. Detalhe: o América terá que dar uma parada em Florianópolis e de lá vir para Porto Alegre, já que portaria do governo federal impede voos internacionais para 5 estados do país devido à pandemia, incluindo aqui a aldeia pampeana.

Grupo F Amanhã tem Estudiantes de Mérida contra Alianza no duelo dos zerados. Na quinta são os líderes com 6 pontos, Racing e Nacional do Uruguai, que vão pra contenda.

Grupo G Líder com 6 pontos, o Santos recebe hoje o Olimpia, vice com 4. Na quinta tem o Delfín, 3º com 1, visitando o lanterna zerado Defensa y Justicia.

Grupo H Amanhã, o lanterna zerado Independiente Medellín receberá o Caracas, 3º com 1. E na quinta poderemos ter um absurdo daqueles: está marcado Libertad, líder com 6, contra Boca Juniors, vice com 4. Acontece que a delegação xeneize foi autorizada a viajar pro Paraguai inclusive com jogadores infectados pela Covid-19, o que é uma irresponsabilidade que beira o crime, dados todos os cuidados que todos - ao menos os conscientes - têm procurado tomar para diminuir ao máximo a propagação da doença. Mas vai esperar o quê de quem aumentou para 50 o número de jogadores que podem ser inscritos só para não deixar no pincel o clube argentino, que perdeu 14 atletas por estarem infectados, dentre eles os 4 goleiros? Depois não gostam quando falam que o Boca tem privilégios, mas contra fatos não há argumentos.

Destaques dos esportes (e fora deles também)

Brasileirão Série B I A 10ª rodada abriu com Paraná 2 x 0 CRB e Juventude 1 x 1 Vitória. Hoje, ainda pela 3ª rodada, tem Confiança x Avai. Classificação: em 1º, Paraná com 20 pontos em 10 jogos; em 2º, Ponte Preta e América Mineiro com 17 em 9; em 4º, Chapecoense com 16 em 7; em 5º, Juventude com 16 em 10; em 6º, Operário com 15 em 9; em 7º, Cuiabá com 15 em 8; em 8º, Vitória com 14 em 10; em 9º, Náutico e CRB com 13 em 9; em 11º, Brasil com 10 em 8; em 12º, Avaí com 9 em 8; em 13º, Cruzeiro, Botafogo de Ribeirão Preto e Guarani com 8 em 9; em 16º, Confiança com 7 em 8; em 17º, Figueirense com 6 em 8; em 18º, Oeste com 6 em 9; e em 19º, Sampaio Corrêa e CSA com 4 em 7.

Brasileirão Série B II Por aproveitamento, estamos assim: em 1º, Chape com 76,2%; em 2º, Paraná com 66,7%; em 3º, Ponte e América com 63%; em 5º, Cuiabá com 62,5%; em 6º, Operário com 55,6%; em 7º, Ju com 53,3%; em 8º, Cruzeiro com 51,9% (porém, índice minimizado devido aos 6 pontos retirados pela punição do STJD); em 9º, Náutico e CRB com 48,1%; em 11º, Vitória com 46,7%; em 12º, Brasil com 41,7%; em 13º, Avaí com 37,5%; em 14º, Botafogo e Guarani com 29,6%; em 16º, Confiança com 29,2%; em 17º, Figueirense com 25%; em 18º, Oeste com 22,2%; e em 19º, Sampaio e CSA com 19%.

Papelão na Série C Horrível e desnecessário o que aconteceu no 1 x 1 do Manaus com o Treze, com direito ao goleiro do Galo da Borborema reagindo contra a polícia e esta respondendo com spray de pimenta. O goleiro errou e a polícia errou mais ainda. Bangue-bangue sem mocinho.

Mais um ano de Portuguesa na Série A2 Não será em 2021 o retorno dela à elite do Paulistão pois deu XV de Piracicaba na volta das quartas por 1 x 0.

Thiago Neves??? O Atlético Mineiro enlouqueceu??? Aliás, corrijo: Jorge Sampaoli enlouqueceu? Acho que ele tá igual ao moço do lindo balão azul no Plunct Plact Zum: não sei se sempre, mas vive no mundo da lua. Não há justificativa plausível, nem sequer sob aspectos técnicos, para desejar este jogador depois de aprontar no Grêmio, fora tudo que fez no Cruzeiro, o que incluiu depreciar ao máximo aquele que agora seria seu novo time, não fosse a repercussão tão negativa levar à rescisão contratual - sim, consta que já tinha até isso, até contrato assinado! Tem gente que gosta de viver perigosamente, realmente.

Corinthians sem Jô O soco em Diego Costa na derrota pro São Paulo deixará ele fora das pelejas contra Bahia, amanhã, e Sport, na quarta da semana que vem.

Morreu Bira Burro Ontem, 65 anos, câncer no fígado. Campeão brasileiro de 1979 pelo Internacional, que venceu a disputa com o Flamengo para tê-lo - o apelido "burro" foi dado por cronistas cariocas que não aceitaram ele não preferir jogar no Rio de Janeiro. A disputa aconteceu devido ao sucesso no Pará, onde foi campeão de 1976 pelo Paysandu e, principalmente, de 1977 até 1979 pelo Remo, do qual é o 5º maior goleador e onde fez jornadas memoráveis, como todos os gols dos 5 x 1 sobre o Guarani em 1978. Depois do Colorado, Bira foi campeão mineiro de 1982 pelo Atlético, da Taça de Prata de 1983 pelo Juventus da Mooca e de 1984 pelo Náutico.

Morreu Luiz Carlos Ferreira Anteontem, 71 anos, câncer no cérebro. "Rei do Acesso", ficou conhecido assim por subir o Rio Branco de Americana pra divisão principal de SP em 1991, repetir a dose com o Comercial em 1993 - isto é: repetiria a dose, não fosse uma mudança de regulamento que cancelou esta subida -, levar o São Caetano pra Série B do Brasileirão em 1998, o Marília pra A1 do Paulistão em 2002 ao dirigi-lo somente na volta da final contra a Francana com 3 x 0 após 0 x 2 na ida, o Santo André para a Série B nacional em 2004 e o Juventus para a A2 paulista em 2012, entre outros.

Jorge Jesus quer a Liga dos Campeões Para isso, o Benfica precisa despachar hoje o PAOK, em jogo único fora de casa pela 3ª fase preliminar.

Leandrinho parou de jogar basquete Mas continuará na NBA por integrar a comissão técnica do Golden State Warriors.



De vilão a herói na NFL Foi Gostkowski ontem à noite. O Tennessee Titans sofreu demais com ele, que errou 3 field goals e mais um extra point, erros que custaram 16 pontos ao time. Mas por incrível que pareça, foi por 16 a vitória dele contra 14 do Denver Broncos. E quem fez o field goal da virada? Creia: Gostkowski. Uma das noites mais malucas, doidas e insanas que o futebol americano já viveu.

A saga jornalística de Márcio Gomes Que 2020 o dele, que virou um "onipresente" nos noticiários da Rede Globo desde que apresentou por alguns meses o "Combate ao Coronavírus". Além de já bater ponto diariamente no "Jornal Nacional" com os dados do dia sobre a pandemia, recém saiu de uma cobertura de férias e começou outra. Até sexta passada, substituiu Renata Lo Prete no início da madrugada no "Jornal da Globo". Agora, está no lugar de Maria Júlia Coutinho à tarde no "Jornal Hoje" enquanto ela está de férias. "Hoje", aliás, que continuará com quase duas horas a partir do dia 5, quando começar o horário político das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40, já que os noticiários locais entrarão às 11h45 e o "Globo Esporte" às 12h40 - chegaram a falar que o "Mais Você" voltaria às 11h30, mas vai é pras 9h30 mesmo, tirando meia hora do "Bom Dia Brasil".

Demissões no jornalismo da Band Mais duas que sei pelo Flávio Ricco, que dias atrás já noticiara a saída inexplicável da Michelle Trombelli: foram dispensados os repórteres Marina Machado e Maicon Mendes. Lamentável, mas é a Band sendo Band mais uma vez - e, infelizmente, está longe de ser a última.

"Floribella" de volta na Bandeirantes Será às 20h20, logo após o "Jornal da Band". Estrelada por Juliana Silveira entre 2005 e 2006, deslanchou a carreira dela como atriz e tem de brinde outras beldades que também merecem boas espiadelas, como Suzy Rêgo e a conterrânea Maria Carolina Ribeiro. Curiosidade: da grade atual em comparação à de 15 anos atrás, continuam no ar o "Brasil Urgente", o "Jornal da Band", o "Jornal da Noite" e o terceirizado "Show da Fé", além do "Melhor da Tarde" estar no ar em seu primeiro formato, então apresentado por Leonor Corrêa. Além disso, ia ao ar à noite a "Lei & Ordem" original, enquanto atualmente passa aos sábados a franquia "Unidade de Vítimas Especiais" (me recuso a usar o título ridículo e sem sentido que a Band adotou).

Bela do Dia: Luisa Viotti

Luisa Viotti, atriz e dubladora. Depois de 31 anos, é ela que dá a 1ª voz brasileira à Elaine Benes em "Seinfeld", somente agora exibido dublado pelo Warner Channel, à meia-noite desde a virada de ontem para hoje (na verdade alguns episódios já tinham passado em junho, mas espero que agora a série fique de vez na grade diária), e cujo trabalho foi feito na carioca Delart, com Guilherme Briggs sendo o Jerry em "brasileirês". Voz à parte: o que são os olhos da Luisa? Papai do céu, quem olhar e não se apaixonar não baterá bem da cabeça.

Datas em 0 ou 5

É um hábito desta "24 Horas" de bastante tempo e que será mantido aqui ao observar datas importantes que completam 5, 10, 25, 40, 65, 100 anos, enfim, sempre em 0 ou 5 pois é como consigo me organizar melhor.

As desta terça-feira, 15 de setembro, são estas:

*130 anos do nascimento de Agatha Christie, histórica escritora falecida em 1976 e que para sempre será "A Rainha do Crime" com tramas envolventes de mistério e suspense estreladas por personagens como o detetive Hercule Poirot, uma das mais populares sendo "Assassinato no Expresso Oriente".

*95 anos do nascimento de Carlo Rambaldi, especialista em efeitos visuais duas vezes ganhador do Oscar e falecido em 2012. Seus trabalhos mais notórios são "Alien, o 8º Passageiro" e "E.T., o Extraterrestre".

*75 anos em dose tripla: de Carmen Maura, atriz de clássicos de Pedro Almodóvar como "Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos" e "Volver"; de Ron Shelton, diretor de filmes cujas tramas giram em torno do esporte, como "Sorte no Amor", "Homens Brancos Não Sabem Enterrar", "Desejo de Glória", "Jogo da Paixão" e "O Ringue"; e de nascimento de Jessye Norman, soprano 4 vezes vencedora do Grammy e falecida em 2019 (muitas das óperas que estrelou eu lembro que passaram nos "Concertos Internacionais" da Globo há mais de 25 anos).

*55 anos em dose dupla: de Fernanda Torres, grande presença em inúmeros trabalhos na TV, como "Selva de Pedra" e Tapas & Beijos", e diversos filmes, dentre os quais "Eu Sei que Vou Te Amar", que lhe fez ganhadora do Festival de Cannes em 1986; e da Internazionale campeã mundial num 0 x 0 com o Independiente.

*45 anos de Tom Dolan, nadador bicampeão olímpico dos 400 metros medley em Atlanta 1996 e Sydney 2000.

*40 anos em dose dupla: da morte de Bill Evans, histórico pianista de jazz nascido em 1929; e da estreia de "Bozo", infantil estrelado por Wandeko Pipoka e que era exibido pela TVS no Rio de Janeiro e pela Record em São Paulo (afinal, o SBT em si só nasce em agosto de 1981).

*25 anos da morte de Costinha, inesquecível humorista nascido em 1923 e com diversas atuações na TV e no cinema, atualmente visto nas reprises da "Escolinha do Professor Raimundo" como Seu Mazarito.

*20 anos da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sydney.

Arremate

Precisa de um? Precisa não. Basta reforçar: voltei. Não que isso faça muita diferença, mas estamos aí.

"24 Horas" volta na próxima edição! Que, espero, seja amanhã mesmo.

Torneios de futebol, todas as modalidades e variedades não-esportivas.

Destaques da imprensa esportiva. O que acontece em TV, rádio, jornal e web.

Podcasts com pitacos sobre os esportes e outros registros interessantes.

Convidados escrevem sobre temas de agora no futebol e em todos os esportes.

Para entender o presente, é preciso conhecer o passado. Aqui se faz isso.

Teste de conhecimentos com direito a charadas e perguntas "pega-ratão".

Verde para o bom, vermelho para o ruim e amarelo para chamar a atenção.

Gente do esporte dá dicas de livros, filmes, música, culinária e mais.